Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Biblioteca e o Património Cultural Imaterial: Memória e Identidade

‘A Biblioteca e o Património Cultural Imaterial: Memória e Identidade’ é o título do Encontro que vai decorrer em Constância, nos dias 18 e 19 de novembro, uma organização da Rede de Bibliotecas do Concelho de Constância, e que terá lugar na Casa Memória de Camões e no Parque Ambiental de Santa Margarida. O Encontro, cujas inscrições decorrem até sexta-feira, é aberto à população e tem formação acreditada para professores.

- Publicidade -

Com a realização deste Encontro pretende a Rede de Bibliotecas do Concelho de Constância relevar o papel fundamental que as bibliotecas têm na recolha, preservação e divulgação do património cultural material e imaterial, tendo uma particular responsabilidade na criação do fundo local enquanto motor de afirmação e valorização da história do concelho.

Por outro lado, pretende-se também destacar a importância destes agentes culturais na recolha das memórias, das tradições, dos costumes e das histórias de vida, que devem ser salvaguardadas e divulgadas, porquanto são fundamentais na afirmação da identidade cultural de uma comunidade.

- Publicidade -

De acordo com as diretrizes da IFLA sobre os serviços da Biblioteca Pública, a Biblioteca “é uma instituição chave na comunidade, para recolha, preservação e promoção da cultura local em toda a sua diversidade”. Também o Manifesto da IFLA /UNESCO sobre bibliotecas públicas indica como missões chave da biblioteca pública “a informação, a literacia, a educação e a cultura”, a par da “promoção do conhecimento sobre a herança cultural, apoiar a tradição oral, e assegurar o acesso dos cidadãos a todos os tipos de informação da comunidade”.

O Encontro, cujas inscrições são limitadas e devem ser enviadas até 11 de novembro, sexta-feira, destina-se à população em geral, sendo também um Curso de Formação acreditado com o nº de registo CCPF/ACC-87525/16, conferindo 0,5 créditos aos professores participantes.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome