Domingo, Fevereiro 28, 2021
- Publicidade -

Constância | Autarquia pretende reforçar trabalho em rede nas bibliotecas do concelho

Foi aprovada por unanimidade a proposta para assinatura de novo Protocolo de Cooperação da Rede de Bibliotecas do Concelho de Constância. Esta proposta surge com intuito de atualizar e reforçar um protocolo já celebrado em 2011, dando-lhe atualidade, conferindo-lhe novos objetivos, e reforçando o trabalho em rede entre as instituições.

- Publicidade -

Ana Filipa Montalvo (PS), vereadora da CM Constância, explicou à comunicação social que se pretende “concretizar mais o sentido de rede, e que aproveitemos quer a Associação da Casa-Memória de Camões, quer a Biblioteca Municipal e rede de bibliotecas escolares, de forma a complementar melhor o serviço e oferta destas instituições”.

A ideia é que haja “maior circularidade de livros, que os eventos sejam melhor construídos, que se continue o apelo à literacia, e que se apele ao gosto pela leitura” referiu a responsável, indicando que se pretende dar continuidade ao trabalho que tem sido feito, mediante um protocolo que já “estava obsoleto por ser de 2011”.

- Publicidade -

“Os objetivos da rede foram crescendo, esta parceria foi crescendo também, e refazer o protocolo revelou-se uma necessidade a esta parte”, afirmou Ana Filipa Montalvo.

Por outro lado, passa a existir maior responsabilização das três partes envolvidas, para que “se trabalhe em equipa”, algo que é considerado pela eleita “mais fundamentado, mais válido e podemos ser muito bons sozinhos, mas acompanhados somos muito melhores”.

Quanto à ligação entre as instituições e integração da rede de bibliotecas escolares, a vereadora notou ser de trato fácil, uma vez que é um concelho “num meio pequeno e onde nos conhecemos todos, o que torna estas parcerias muito mas fáceis, porque a comunicação também o é”.

“Se temos estas valências, temos o empenho do Município, Agrupamento de Escolas, da Associação Casa-Memória de Camões, é de valorizar e continuar a alimentar (…) e criar mais objetivos e quanto mais objetivos tivermos, mais vamos progredindo e conseguindo alcançar o nosso objetivo que é ter das melhores bibliotecas a nível regional”, concluiu.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).