- Publicidade -

Constância | Autarquia auxilia Santa Casa na construção de Centro de Apoio em Montalvo

A Câmara Municipal de Constância aprovou por unanimidade a atribuição de um apoio de 50 mil euros à Santa Casa da Misericórdia para a construção do futuro Centro de Apoio em Montalvo. O presidente do Município adiantou ao mediotejo.net que este projeto levado a cabo pela Misericórdia tem já parecer positivo por parte da Segurança Social.

- Publicidade -

Trata-se de um apoio no montante de 50 mil euros que a autarquia constanciense vai disponibilizar à Santa Casa da Misericórdia de Constância para “a obra e o projeto do Centro de Apoio de Montalvo, nomeadamente para a parte não comparticipada”, disse o presidente da Câmara Municipal, Sérgio Oliveira, ao mediotejo.net.

O autarca sublinha que a transferência do montante não será imediata mas sim “mediante a entrega dos documentos de despesa que comprovem que o apoio que a Câmara está a dar efetivamente foi executado e feito na construção daquele projeto”.

- Publicidade -

Projeto esse que “já tem o parecer positivo da Segurança Social”, avançou o edil, relembrando que tanto o projeto do Centro de Apoio em Montalvo como o de um novo Lar em Constância foram candidatados a fundos comunitários, no âmbito do programa PARES 3.0 (ambos a aguardar decisão quanto às candidaturas apresentadas).

Áudio | Presidente da Câmara Municipal de Constância, Sérgio Oliveira, em declarações ao mediotejo.net:

Em novembro passado a autarquia constanciense havia já aprovado um apoio à Santa Casa, neste caso para fazer face a despesas com a construção do novo lar, na zona da Capareira, em Constância (alternativa encontrada após a inviabilização pela CCDR do projeto de ampliação do Lar de São João, no centro histórico da vila). Apoio esse que já está aprovado e que “será revisto nos próximos meses no sentido de aumentar a dotação”, disse Sérgio Oliveira ao mediotejo.net.

Ainda quanto ao novo lar, em declarações ao nosso jornal o provedor da Santa Casa de Constância, António Teixeira, elucida que neste momento a instituição está “a trabalhar junto dos projetistas para as fases seguintes do projeto, para a especialidades e de acordo com as indicações da Segurança Social e com o estudo prévio que enviámos para ultimar o projeto”.

Recorde-se que em agosto de 2020 foi anunciado que Santa Casa da Misericórdia de Constância pretendia avançar com dois projetos no concelho, nomeadamente a construção de um lar de raiz com capacidade para 75 camas, em Constância, e um Centro de Apoio em Montalvo que suporte a atividade diária da Santa Casa, concentrando as grandes áreas funcionais, desde serviço de apoio domiciliário, lavandaria central, cozinha central e até uma cantina e loja sociais.

“É centro de apoio, com uma área de encontro e distribuição de alimentação”, explicou o provedor da Santa Casa ao nosso jornal, referindo que “o serviço de apoio domiciliário vai partir do centro de apoio, e o centro de apoio tem instalações onde temos uma área de encontro onde fornecemos alimentação e temos um espaço de permanência, mas não o denominamos por centro de dia”.

O referido Centro de Apoio vai nascer num terreno com cerca de 1000 metros quadrados que foi doado pela Associação Humanitária de Montalvo à Santa Casa.

NOTÍCIA RELACIONADA: MISERICÓRDIA VAI CONSTRUIR NOVO LAR DE IDOSOS EM CONSTÂNCIA E CENTRO DE APOIO EM MONTALVO

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou à capital com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).