Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Julho 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | Aromas e sabores invadem Parque Ambiental de Santa Margarida

Este fim de semana, dias 19 e 20 de novembro, irá decorrer no Parque Ambiental de Santa Margarida (PASM), em Constância, mais uma edição da iniciativa “Conhecer Aromas e Sabores da Natureza”.

- Publicidade -

Em nota de imprensa, a autarquia refere que este é um “evento de índole ambiental e cultural”, que tem como principais objetivos “contribuir para a salvaguarda do património natural, e promover alguns produtos de produção biológica, artesanal e doméstica”, assim como “sensibilizar para uma relação positiva entre o Homem e a Natureza”.

Os temas a abordar nesta atividade estão relacionados com as plantas aromáticas e medicinais, os frutos silvestres, o mel, os cogumelos e a agricultura biológica.

- Publicidade -

Durante o evento irão decorrer as seguintes atividades:

19 e 20 de novembro: 14h30 – 18h00

Exposição | venda | provas

  • Plantas aromáticas e medicinais
  • Cogumelos | mel| licores | compotas
  • Produtos de agricultura biológica

No dia 20 de novembro, pelas 9H30, vai decorrer no concelho a atividade Conhecer Aromas e Sabores da Natureza, um passeio pedestre interpretativo onde os participantes poderão descobrir aromas e sabores de plantas silvestres e cogumelos.

Ponto de encontro: Ecoteca do Parque Ambiental | Distância: 7 km | Duração médio: 3h30 | Dificuldade: Média.

As inscrições devem ser efetuadas através do correio eletrónicoparqueambiental@cm-constancia.pt ou pelo telefone 249 736 929.

 

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here