- Publicidade -

Constância | Alteração ao mapa de pessoal cria vagas para três postos de trabalho

A Assembleia Municipal de Constância aprovou por maioria na primeira sessão ordinária do ano a primeira alteração ao mapa de pessoal de 2021 com seis alterações – três de atualização e três de criação de novos lugares de trabalho. Na sessão, que decorreu a 26 de fevereiro, a Assembleia Municipal aprovou também, por unanimidade, a primeira alteração modificativa aos documentos previsionais 2021-2025.

- Publicidade -

A proposta de alteração ao mapa de pessoal da autarquia constanciense para 2021 foi aprovada por maioria, com os votos favoráveis da bancada do PS e com cinco abstenções da CDU e da deputada do MIC. Em sessão de Assembleia Municipal, o presidente da Câmara de Constância, Sérgio Oliveira (PS), explicou que com esta alteração estão em causa a contratação de três pessoas, bem como situações de regularização de pessoal “que já está ao serviço da Câmara ou em outras entidades”.

No que respeita às contratações, o autarca elucida que o Município irá contratar um coveiro, um canalizador e um técnico superior. Relativamente ao técnico superior, trata-se de suprir o lugar deixado por “uma técnica superior que trabalha atualmente no Município e que solicitou mobilidade para o Município de Torres Novas. Irá em mobilidade para o Município de Torres Novas e iremos abrir um lugar no nosso mapa de pessoal para substituir essa trabalhadora”, conforme explicou Sérgio Oliveira.

- Publicidade -

Por outro lado, a Câmara irá criar um lugar de assistente operacional para a função de coveiro que “acumulará com as funções de limpeza urbana”. O presidente da autarquia justifica esta contratação com a necessidade de ver asseguradas respostas uma vez que “atualmente temos apenas um coveiro” e que “nos períodos de férias ou de descanso obrigatório [do coveiro], vemo-nos um bocado aflitos para alguém assegurar estas tarefas”.

O terceiro lugar a ser criado é também de assistente operacional mas para a área de canalizador. Referindo que atualmente o Município tem dois canalizadores – um para a margem sul da vila e outro para a margem norte – mas que um dos dois trabalhadores não está inserido nessa categoria e tem desenvolvido essa função “de boa vontade”, sendo que não se prevê que assegure esse trabalho muitos mais anos.

“É uma área muito difícil arranjar alguém, é um área muito específica em que há pouca mão de obra no país e com os salários que são praticados na função pública é muito difícil arranjar profissionais nesta área, mas nós entendemos que devemos constar no mapa de pessoal um lugar de canalizador e lançar um procedimento de recrutamento para o efeito”, admitiu Sérgio Oliveira em sessão de Assembleia Municipal.

Quanto às restantes alterações no mapa de pessoal 2021, tratam-se de atualizações, nomeadamente, de consolidação de situações de mobilidade e de plasmar no mapa de pessoal situações relativas a trabalhadores do Município.

Também na sessão de Assembleia Municipal de Constância de 26 de fevereiro foi aprovada por unanimidade a primeira alteração modificativa aos documentos previsionais 2021-2025. Uma alteração através da qual se injeta no orçamento o saldo de gerência, que no caso do Município de Constância é de cerca de 506 mil euros.

Ainda nesta Assembleia, o presidente da autarquia constanciense, Sérgio Oliveira, deu conta de que em 2020 o Município investiu cerca de 200 mil euros (199.162,81€) no âmbito dos apoios e despesas com a Covid-19, valor esse que até fevereiro do presente ano vai já na ordem dos 60 mil euros.

Abrantina mas orgulhosa da sua costela maçaense, rumou a Lisboa com o objetivo de se formar em Jornalismo. Foi aí que descobriu a rádio e a magia de contar histórias ao ouvido. Acredita que com mais compreensão, abraços e chocolate o mundo seria um lugar mais feliz.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -