- Publicidade -

Constância | Aceita o desafio para a Corrida Solidária São Silvestre?

A segunda edição da Corrida Solidária São Silvestre, organizada em conjunto pela Câmara Municipal de Constância e a Brigada Mecanizada, está pronta para o tiro de partida no domingo, dia 17 de dezembro. A iniciativa em que o desporto dá ritmo à solidariedade foi apresentada oficialmente no dia 6 e as madrinhas Elisabete Jacinto e Inês Henriques juntaram-se às quase 350 pessoas que já disseram “desafio aceite”.

- Publicidade -

A apresentação decorreu no Campo Militar de Santa Margarida (CMSM), onde o Chefe do Estado-Maior da Brigada Mecanizada, Tenente-Coronel de Infantaria Luís Afonso Calmeiro, e o Comandante do Batalhão de Apoio de Serviços, Tenente-Coronel Félix, falaram sobre os pormenores do evento. A vertente social foi destacada uma vez que, à semelhança do ano anterior, o “custo” das inscrições é a doação de bens alimentares que a Loja Social de Constância entrega, posteriormente, a famílias carenciadas do concelho.

Os recordes atingidos em 2016 passaram aos valores mínimos que todos esperam superar em 2017, seja ao nível dos 680 inscritos, das duas toneladas de bens recolhidos ou dos tempos conquistados pelos atletas seniores Pedro Lopes, do CEngComPes / União FCI Tomar (30.08m) e Filipa Moutinho, da Casa do Benfica de Abrantes (35.38).

- Publicidade -

O prémio especial criado para a prova principal é uma das novidades deste ano, tal como a realização do percurso da caminhada dentro do CMSM e o espaço onde as crianças a partir de idade escolar podem brincar enquanto os mais velhos caminham ou correm.

As madrinhas Elisabete Jacinto e Inês Henriques estiveram presentes. Fotos: mediotejo.net

A Corrida Solidária São Silvestre assume-se enquanto um desafio desportivo e social que as duas madrinhas oficiais aceitaram pessoalmente esta quarta-feira. A piloto Elisabete Jacinto e a campeã e recordista mundial de 50km marcha Inês Henriques “vestiram a camisola” pela causa no sentido literal do termo ao receber esta peça de roupa com a frase “desafio aceite”, inspirada na campanha solidária “22 Pushup Challenge” em que o CMSM participou no ano passado.

Além da simbiose desporto/solidariedade foram apontadas outras vertentes da iniciativa durante o momento que contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Constância, Sérgio Oliveira, do Comandante da Brigada Mecanizada, Coronel Tirocinado de Infantaria Eduardo Mendes Ferrão, e do Comandante do CMSM, Coronel José Vinhas Nunes. Inês Henriques, licenciada em enfermagem, destacou os benefícios para a saúde e Elisabete Jacinto, que treina no CMSM há cerca de cinco anos, salientou o convívio e a aproximação das comunidades civil e militar.

Na primeira edição participaram 680 atletas e recolheram-se duas toneladas de donativos. Fotos: mediotejo.net

O último ponto foi, igualmente, sublinhado pelo Comandante da Brigada Mecanizada, a par do desenvolvimento do espírito solidário nos militares participantes e envolvidos na organização. O presidente da Câmara Municipal, por seu lado, acrescentou o trabalho conjunto da autarquia e da Brigada Mecanizada em prol da população entre a qual, segundo o autarca, se encontram sinalizadas cerca de 90 pessoas pela Loja Social de Constância.

Aspetos vários que tornam o evento único e estarão na linha de partida junto do pavilhão gimnodesportivo da Brigada Mecanizada. O local recebe o secretariado, entre as 11h00 e as 16h00, os donativos dos participantes (preferencialmente bens alimentares, mas também roupas e brinquedos) e o lanche no final das provas. Os escalões mais jovens começam a correr às 15h00, a caminhada tem início às 16h30 e a competição principal da iniciativa acreditada pela Federação Portuguesa de Atletismo às 17h15.

Apresentação oficial da Corrida Solidária São Silvestre. Fotos: mediotejo.net

Os primeiros atletas a serem chamados são os Benjamins, às 14h50, que começam a correr os 800m dez minutos depois, segundo-se os Infantis às 15h05, partindo às 15h10 para a prova de 1,3km. No caso dos Iniciados, a chamada para o percurso de 2,6km é feita às 15h15 e partem às 15h25, e os Juvenis têm 4,1km à sua espera às 15h35, depois de serem chamados às 15h30. A caminhada com 7,5km começa meia-hora antes dos Juniores, Seniores e Veteranos serem chamados a correr os 8,8km.

O mote está lançado e, de acordo com a organização, cerca de 350 pessoas já disseram “desafio aceite” na segunda edição da Corrida Solidária São Silvestre. Elisabete Jacinto estará presente no dia 17 e aguarda-se a confirmação de Inês Henriques.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).