Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Setembro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Constância | 22 flexões solidárias para lembrar quem não esqueceu a guerra

Os militares da Brigada Mecanizada participaram no “22 Pushup Challenge” na manhã desta terça-feira, dia 20, no Campo Militar de Santa Margarida. Um desafio solidário proposto pela Marinha Portuguesa que sensibiliza para o elevado número de suicídios entre os veteranos de guerra e homenageia quem exerce profissões de risco.

- Publicidade -

O Campo Militar de Santa Margarida passou a integrar a rota mundial do “22 Pushup Challenge”, uma campanha solidária criada em 2011 pela organização sem fins lucrativos Honor Courage Commitment, Inc., nos Estados Unidos da América, com o objetivo de alertar para o número elevado de suicídios entre os veteranos de guerra.

O número 22 está relacionado com as estatísticas de mortes diárias, que se pretendem diminuir através desta ação de sensibilização relacionada com o stress pós-traumático dos militares. O desafio consiste na realização de 22 flexões, filmar e partilhar nas redes sociais com a hashtag #22PushupChallenge.

- Publicidade -

Os militares da Brigada Mecanizada aceitaram o desafio. Fotos: DR

Em Portugal, a Marinha incluiu na iniciativa a homenagem a quem exerce profissões de risco e o desafio foi lançado a todos os portugueses. Em Constância, foram muitos os militares da Brigada Mecanizada que suaram pela causa e complementaram o momento simbólico desta terça-feira com a doação de duas cadeiras de rodas à Associação dos Deficientes das Forças Armadas.

E você, também vai aderir ao “22 Pushup Challenge”?

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome