- Publicidade -

Constância | 10ª FND/OIR empossada com Estandarte Nacional segue para o Iraque (c/FOTOS)

A zona ribeirinha de Constância acolheu a cerimónia de entrega do Estandarte Nacional à 10ª Força Nacional Destacada para o Iraque, no âmbito da missão Operation Inherent Resolve (OIR). A missão do 10º Contingente Nacional da Força Nacional Destacada é apoiar a formação das Forças de Segurança iraquianas. A Força é constituída por 30 militares, sendo 12 Oficiais, 15 Sargentos e 3 Praças, aprontados pela Brigada Mecanizada no Campo Militar de Santa Margarida.

- Publicidade -

A cerimónia foi presidida esta quinta-feira pelo Chefe do Estado-Maior do Exército (CEME), General José Nunes da Fonseca, que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Constância, Sérgio Oliveira, bem como os vereadores do executivo municipal e o presidente da Assembleia Municipal de Constância, António Mendes, entre outras entidades militares e civis. Também alunos do Agrupamento de Escolas vieram assistir a este momento, na zona ribeirinha de Constância.

O CEME José Nunes da Fonseca começou por referir a importância e simbolismo desta cerimónia para cada um dos militares ali presentes, parte integrante do contingente que em breve será projetado para apoiar a formação e treino das Forças Armadas do Iraque, “dando continuidade a uma missão iniciada em 2015”, tendo por base o trabalho “em prol da política de defesa nacional e de segurança do Estado além-fronteiras”. e “contribuindo para o fortalecimento da solidariedade internacional”.

- Publicidade -

O CEME referiu ainda a distinção das Forças Nacionais Destacadas, reconhecidas publicamente, no país e no mundo, resultado de “inequívoca competência” e que “atestam a credibilidade da força operacional do Exército, credora de grande confiança e manifesto orgulho”.

Mencionando o aprontamento, Nunes da Fonseca salientou o facto de o contingente ter cumprido “uma realista, rigorosa e exigente preparação, ajustada ao complexo e determinante cenário onde será empenhado”, considerando o “êxito global do aprontamento” desta Força pela Brigada Mecanizada.

Foto: mediotejo.net

Por outro lado, o Chefe do Estado-Maior do Exército não esqueceu a relevância do apoio de retaguarda aos militares, proveniente dos seus familiares e entes queridos, tendo transmitido uma mensagem de “conforto e tranquilidade” aos familiares e amigos.

 

“Iremos acompanhar os nossos militares de forma muito próxima, para que lhes sejam proporcionadas as condições adequadas ao cumprimento das respetivas tarefas, permitindo-lhes debelar eventuais constrangimentos e superar os desafios com que venham a ser confrontados”, assegurou.

Aos militares, frisou a “notória prontidão e elevado sentido de dever” que foram evidentes no período de aprontamento, até ao exercício final, considerando que tal resultou de “uma preparação cuidada e de um treino rigoroso”.

O Estandarte Nacional, símbolo da pátria, entregue à 10ª FND/OIR “constituirá fonte de motivação, orgulho e perseverança para todos vós. Caber-vos-á guardá-lo e honrá-lo, cumprindo de forma distinta e competente como é apanágio do soldado português”, disse.

“Sois agora uma força coesa, credível e apta para o cumprimento da missão que nos compete no Iraque” – CEME

Por seu turno, o Major Sérgio Miguel Capelo, Comandante da 10FND/OIR (10º Contingente Nacional – Força Nacional Destacada para a OIR do teatro de operações do Iraque) conferiu “superior significado” à presença do CEME na cerimónia que presidiu, considerando que “honra a Brigada Mecanizada e traduz o interesse e importância que o General atribui às Forças Nacionais Destacadas”.

Sérgio Miguel Capelo frisou que o “permanente e incansável apoio” por parte de familiares e amigos foi “fundamental” durante a fase de aprontamento da FND, durante seis meses.

Foto: mediotejo.net

O foco do Comandante da 10ª FND/OIR reside num “desempenho de excelência que honre as nossas gentes e Portugal”, tendo em conta a construção de “uma força coesa, que espelha a competência dos militares portugueses e a refulgência de Portugal”, onde não faltarão as palavras-chave para uma missão cumprida com “êxito, coragem e empenho”.

Aos militares do 10º Contingente, o Major disse ser “com grande honra e orgulho” que participa nesta missão “tendo o privilégio de comandar tão nobres soldados de Portugal”.

“Fazemos parte do esforço internacional para estabilizar o Iraque (…) que se mantenha permanentemente a exigência, o rigor, o profissionalismo, o empenho e a dedicação no planeamento, coordenação e execução de ações de formação que serão por nós ministradas, preocupando-nos sempre com o pormenor, e tendo sempre presente a segurança de todo o pessoal”, sustentou.

Sérgio Miguel Capelo lembrou ainda o aprontamento e as atividades realizadas. “Conscientes de que o trabalho não está isento de riscos, contudo ao longo dos últimos meses planeámos e realizámos um conjunto de atividades que visaram desenvolver e adquirir conhecimentos e capacidades, orientados para as exigências do teatro de operações, onde se destacam as várias formações em diferenças unidades do Exército, o treino e o desenvolvimento de capacidades individuais e coletivas, e das técnicas e táticas, que foram aplicadas, testadas e desenvolvidas nos exercícios que realizámos”.

Comandante da 10FND/OIR, Major Sérgio Miguel Capelo. Foto: mediotejo.net

Fruto de um aprontamento “rigoroso e exigente”, surge uma “liderança consciente e assertiva de jovens quadros, munidos duma incrível vontade de cumprir e fazer bem, com forte espírito de missão, camaradagem e responsabilidade”, prosseguiu na sua alocução.

Palavras ainda aos familiares, que são “elemento indispensável de sustentação da Força, um pilar essencial no apoio psicossocial, que bem alicerçado se traduzirá no incremento da estabilidade emocional de cada um, e consequentemente um facilitador do cumprimento da missão”.

Para o Comandante da 10FND/OIR surge desta cerimónia “um forte incentivo e fator de motivação para todos os que servem nesta brigada, cientes da prioridade que o Exército atribui ao cumprimento da nobre missão que nos incumbe: o apoio à formação e treino das Forças Armadas iraquianas, contribuindo para alcançar os objetivos internacionais e como significado de inequívoca confiança na qualidade dos militares que perante nós, se assumem prontos para cumprir com elevado profissionalismo, empenho e dedicação as missões e tarefas que lhe são confiadas em terras iraquianas”.

Foto: mediotejo.net

Dirigindo-se ainda ao Brigadeiro-General Mendes Ferrão, Comandante da Brigada Mecanizada, o Comandante da 10FND/OIR salientou o “apoio permanente, próximo e orientador” durante o aprontamento, que “foi decisivo para a consecução dos objetivos” a que esta Força se propôs atingir.

A cerimónia contou ainda com atuação da Banda e Fanfarra do Exército, que acompanhou os vários momentos da sessão solene.

Recorde-se que a 10ª FND, que partirá em breve para o teatro de operações iraquiano, “emana das unidades da Brigada Mecanizada, e integrará uma coligação internacional, atualmente composta por 40 países, cujo objetivo é combater o terrorismo no sentido da reposição da estabilidade e da segurança no Iraque”, conforme indicado pelo CEME.

Fotogaleria:

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -