Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Médio Tejo aprova orçamento de 5,6ME para 2016

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) aprovou o orçamento para 2016 no valor de 5,6 milhões de euros, mais 1,1 milhões do que o do presente ano, disse à Lusa a presidente daquele organismo.

- Publicidade -

- Publicidade -

Maria do Céu Albuquerque afirmou que o orçamento aprovado pela Assembleia Intermunicipal da CIMT, na noite de quinta-feira, permite “criar janelas de oportunidade” para, assim que surjam os avisos das candidaturas para os fundos comunitários do Portugal 2020, poderem ser apresentados os projetos.

A autarca afirmou que os municípios que integram a CIMT têm 76 candidaturas fechadas, faltando finalizar um montante residual dos 79,5 milhões de investimento previsto, havendo ainda algumas operações a decorrer ao abrigo do ‘overbooking’ resultante de investimentos que não foram utilizados no anterior Quadro Comunitário de Apoio (no valor de cerca de 3 milhões de euros).

- Publicidade -

Céu Albuquerque sublinhou o facto de a região ir beneficiar, até 2020, de uma verba de 48 milhões de euros, um valor significativamente inferior ao consagrado no quadro comunitário anterior, que teve na região uma taxa de execução “muito boa”.

A CIMT quer avançar já em 2016 com quatro grandes projetos, nos eixos da educação de excelência, da inclusão social, da modernização administrativa e do empreendedorismo, disse a também presidente da Câmara Municipal de Abrantes.

Os projetos inserem-se nas orientações do Plano Estratégico de Desenvolvimento do Médio Tejo 2014-2020, nomeadamente valorização dos recursos endógenos e do potencial turístico, incorporação de valor na atividade empresarial, promoção da coesão e da qualidade de vida, consolidação da massa crítica e urbana e governação inteligente e multidimensional.

Nesta reunião da Assembleia Intermunicipal do Médio Tejo foi ainda eleita a nova mesa, tendo em conta a demissão do presidente da Assembleia Municipal (AM) de Torres Novas, António Rodrigues, que presidia a este órgão.

A mesa passou a ser presidida pelo novo presidente da AM de Torres Novas, Trincão Marques, mantendo Ana Vieira (Ourém) a vice-presidência, enquanto João Henriques Simões (Tomar) é o secretário.

A CIMT integra os municípios de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Sertã, Tomar, Torres Novas, Vila de Rei e Vila Nova da Barquinha.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome