Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

CIMTEJO | Central de Compras, 5 anos de negociações entre empresas e entidades públicas

A Central de Compras foi criada pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo em 2011 e integra uma das suas 13 áreas de intervenção, as “Compras Públicas”. O projeto resultou na criação de um ponto de encontro entre as empresas e as entidades da região afetas à contratação pública através de um portal eletrónico que visa potenciar economias de escala e eficiência operacional.

- Publicidade -

- Publicidade -

A recorrente aquisição de bens e serviços por parte das entidades públicas do Médio Tejo num contexto socioeconómico em que a palavra de ordem é “contenção financeira” levou a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMTejo) a criar a Central de Compras em 2011. Uma plataforma eletrónica em que os fornecedores se podem registar e dar a conhecer as condições comerciais em projetos intermunicipais ligados a compras da administração local.

O objetivo de criar sinergias entre as entidades adjudicantes e racionalizar a despesa pública resultou na centralização da oferta de produtos e serviços no portal centralcompras.mediotejo.pt que, atualmente, serve de ponto de encontro entre 17 entidades e 136 empresas e permitiu a celebração de 15 Acordos Quadro e a conclusão de 35 negociações.

- Publicidade -

Entre as áreas de negócio em que se realizaram negociações nos últimos 5 anos encontram-se higiene e limpeza, extintores, economato, gás, inspeção e instalação de semáforos e manutenção de elevadores. Os dados mais recentes, recolhidos entre março de 2012 e novembro de 2014, apontam para uma poupança na ordem dos 6,8% e de um volume global de compras de 3,3 milhões de euros.

 

 

portal


No portal da CIMT as empresas podem inscrever-se para futuros negócios e consultar as negociações em vigor

Entre 2012 e 2014 houve um volume global de compras de 3,3 milhões de euros e verificou-se uma poupança de 6,8%

A CIMTejo apresentou recentemente a candidatura intermunicipal “Médio Tejo em partilha”, financiada a 70% pela DGAL e pela CCCRLVT, através da qual pretende integrar e partilhar serviços/competências dos municípios e definir novas áreas para a Central de Compras.

A sua aprovação, nos termos do Despacho n.º 5119-B/2015 do Gabinete do Secretário de Estado da Administração Local, a 25 de agosto de 2015, pelo Secretário de Estado da Administração Local, permitirá promover a plataforma da Central de Compras da CIMT de contratação pública e a consultoria para novas áreas de promoção de economias de escala, além da formação de técnicos, desenvolvimento de um plano de ação para as novas áreas de compra e a criação de um centro intermunicipal de serviços partilhados.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here