Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Maio 8, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Ciclismo | A chegada emocionada a Faro, 24 horas depois do Km 0 da EN2 (c/vídeo)

*Com vídeo de David Pereira

- Publicidade -

O desafio era pedalar 738,5 km em 24 horas, percorrendo a Estrada Nacional 2 de Chaves até Faro. E podemos dizer que a prova foi superada, apesar de terem passado três minutos além do tempo estipulado pelos abrantinos Nuno Gomes e Daniel Simões, depois de uma noite com alguns percalços, entre quedas e furos, que forçaram a dupla de ciclistas a várias paragens imprevistas.

O mediotejo.net acompanhou a sua chegada a Faro, quando o relógio marcava as 09h50, neste sábado de manhã.

- Publicidade -

Estrada Nacional 2 | Chegada de Nuno Gomes e Daniel Simões a Faro – Km 738

Publicado por mediotejo.net em Sábado, 27 de julho de 2019

 

Nuno Gomes e Daniel Simões, À chegada a Faro. Foto: Jorge Pereira

Nuno Gomes, professor de Matemática, e Daniel Simões, veterinário e oficial do Exército, têm colocado a si próprios uma série de desafios desportivos, como a realização do projeto “Diagonais”, com quatro etapas diferentes em que estabeleceram a ligação de Abrantes às quatro cidades/cantos de Portugal em BTT (Vila Real de Santo António, Sagres, Caminha e Bragança), com cada um desses trajetos a ter a duração limite de 24 horas.

Há dois anos, no desafio “Pedalar por Pedrógão”, cumpriram os 555 kms de Abrantes a Gibraltar em menos de 24 horas, em bicicleta de BTT, angariando mais de 11.000 euros, que reverteram a favor das vítimas dos incêndios de Pedrógão.

No próximo ano contam voltar a pedalar na EN2, desta vez com equipas partindo de Faro e de Chaves que se encontrarão a meio caminho, em Abrantes.

O marco dos 738km da EN2, em Faro. Foto: Jorge Pereira

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome