Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

CHMT: Mantinhas juntam-se ao projeto “Tricotanças” na Maternidade

“Tricotanças” é o projeto da Maternidade do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) que oferece a todos os bebés ali nascidos um gorro tricotado por diversos voluntários, entre eles profissionais de saúde. A Casa da Amizade do Rotary Club de Abrantes aliou-se a este projeto com um novo miminho: tricotar mantinhas de lã.

- Publicidade -

De acordo com o CHMT, “esta iniciativa conta com o envolvimento da Santa Casa da Misericórdia de Abrantes, do Centro Social de Alferrarede e do Centro Interparoquial de Abrantes Domus Pacis”, sendo que as primeiras mantinhas tricotadas por utentes e colaboradores das instituições referidas e por particulares chegaram, no passado dia 5 de maio, à Maternidade do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

“As mantinhas tricotadas por utentes e colaboradores das instituições referidas e por particulares serão incluídas no primeiro enxoval dos bebés, juntamente com uma muda interior completa, um babygrow ou pijaminha, umas botinhas ou meias, uma fralda de pano e uma fralda descartável”, refere a nota de imprensa do CHMT.

- Publicidade -

As famílias que vão receber este enxoval serão selecionadas durante as consultas de obstetrícia, que decorrem nas três Unidades do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

As mantinhas tricotadas por utentes e colaboradores das instituições referidas e por particulares serão incluídas no primeiro enxoval dos bebés, juntamente com uma muda interior completa, um babygrow ou pijaminha, umas botinhas ou meias, uma fralda de pano e uma fralda descartável (Foto: CHMT)
As mantinhas tricotadas por utentes e colaboradores das instituições e por particulares serão incluídas no primeiro enxoval dos bebés, juntamente com uma muda interior completa, um babygrow ou pijaminha, umas botinhas ou meias, uma fralda de pano e uma fralda descartável (Foto: CHMT)

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here