Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

CHMT: Hospital de Oncologia alerta jovens para o cancro

O Hospital de Dia de Oncologia, do Centro Hospitalar do Médio Tejo, está a dinamizar sessões de esclarecimento e debate dirigidas a alunos do 7º ano de escolaridade, como o objetivo de abordar os diversos e principais fatores de risco para o desenvolvimento do cancro, incluindo o tabagismo e hábitos alimentares e estilos de vida, bem como as variadas formas de prevenir e detetar precocemente as doenças oncológicas mais frequentes.

- Publicidade -

A primeira sessão de sensibilização e debate alusiva à temática “Prevenção e Diagnóstico precoce do Cancro” decorreu no auditório da Unidade hospitalar de Tomar e contou com a presença as turmas A e B do sétimo ano da Escola Básica Gualdim Pais.

A sessão iniciou com a apresentação feita pela coordenadora do Hospital de Dia de Oncologia, Cristina Pissarro, que fez uma abordagem geral sobre o Cancro, nomeadamente o que é o cancro, quais os sintomas, os diferentes tipos de cancro, como se trata e como se previne.

- Publicidade -

CHMT_PREVENCAO CANCRO2 (Foto: CHMT)
A equipa do Hospital de Dia de Oncologia vai continuar a efetuar sessões junto dos jovens, alargando o âmbito de ação a alunos das escolas de Torres Novas e Abrantes (Foto: CHMT)

Seguiu-se a intervenção de Susana Ramos, enfermeira do HDO, que focou a sua apresentação no cancro do colo do útero.

Tiago Gaspar, médico responsável pela consulta de evicção tabágica, no Centro Hospitalar do Médio Tejo, confrontou a plateia de jovens com uma série de imagens, algumas provocadoras, tendo como mensagem principal o slogan: “o melhor é nem começar”.

A sessão terminou com a intervenção da nutricionista Rosa Medeiros que deixou os conselhos para uma alimentação saudável, equilibrada e preventiva da doença oncológica.

A equipa do Hospital de Dia de Oncologia vai continuar a efetuar estas sessões, alargando o âmbito de ação a alunos das escolas de Torres Novas e Abrantes.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome