Chamusca | Transferência das crianças do Semideiro para Ulme “vai ser positiva”

Crianças. Foto. DR

A vice-presidente da Câmara da Chamusca não tem dúvidas de que a transferência das crianças do jardim de infância do Semideiro para Ulme “vai ser positiva tanto para as crianças como para os profissionais que ali trabalham”. O assunto foi abordado na reunião da Câmara da Chamusca do dia 4 de agosto.

PUB

Com apenas cinco alunos, o jardim de infância do Semideiro não foi autorizado a funcionar no próximo ano letivo, por decisão da DGEST – Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares.

Refere Cláudia Moreira (PS) que nem sempre estavam todas as crianças e que por vezes chegaram a estar apenas duas, o que “acaba por não ser motivador” nem para as crianças nem para os profissionais (educadora e auxiliar).

PUB

Outros aspetos apontados como negativos no JI do Semideiro era a fraca rede internet que condicionava a utilização dos recursos e a sua localização numa estrema da aldeia.

“Acho que vai ser muito positivo para estes meninos poderem integrar a turma de Ulme”, considera a responsável pelo pelouro da educação.

PUB

Semideiro situa-se a cerca de 13 quilómetros de Ulme.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here