- Publicidade -

Chamusca | Significativo aumento de casos Covid deve-se sobretudo a contágio familiar

“O significativo aumento de casos que nos levam às condicionantes dos concelhos de Risco Muito Elevado devem-se sobretudo ao contágio familiar”, afirmou o Presidente da Câmara Municipal da Chamusca, numa publicação no Facebook. Num balanço acerca da evolução da pandemia no seu concelho, Paulo Queimado esclarece que “a situação mais preocupante do momento é a ERPI – Estrutura Residencial para Idosos do Centro de Apoio Social da Parreira, com 25 casos positivos entre funcionários (12) e utentes (13)”, ou seja, quase todos os utentes e funcionárias testaram positivo.

- Publicidade -

Por isso é uma Brigada de Intervenção Rápida da Cruz Vermelha destacada pelo Instituto de Segurança Social, com o apoio de uma funcionária do Centro de Apoio Social por turno, que está a assegurar o funcionamento do Lar. Os utentes do Centro de Dia permanecem nas suas casas enquanto aguardam eventuais testes.

“Neste momento o surto da Resitejo está resolvido e continuam vários focos com turmas das Atividades de Enriquecimento Curricular que estão em vigilância ativa”, adianta o autarca.

- Publicidade -

Paulo Queimado explica que a autarquia está “a acompanhar a evolução da pandemia no concelho através do Gabinete de Proteção Civil e a coordenar com as várias instituições pelo Posto de Comando Municipal da Proteção Civil pelas quatro células ativas: planeamento, logística, operacional e saúde”.

O facto de o concelho da Chamusca estar entre os concelhos de Risco Muito Elevado de contágio pelo coronavírus faz com que, desde as 00h00 de dia 9 de dezembro, até às 23h59 do dia 23 de dezembro, estejam em vigor novas regras para o comércio e para os cidadãos.

 

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).