Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Dezembro 2, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Chamusca | Resitejo investe mais de 2 milhões para aumentar capacidade de tratar lixo

A empreitada de Ampliação e Adaptação Tecnológica da UTMB – Unidade de Tratamento Mecânico e Biológico da Resitejo, no Eco-Parque do Relvão, Chamusca, foi adjudicada este mês à empresa Eixofinal unipessoal, Lda. A ampliação da unidade vai custar cerca de 2.2 milhões de euros, prevendo-se que a obra esteja concluída no prazo de um ano.

- Publicidade -

Esta unidade de tratamento, que processa de forma distinta os resíduos indiferenciados (colocados nos contentores verdes), foi inaugurada a 13 de julho de 2013, com uma capacidade inicial instalada de 35t/h.

Todo o lixo indiferenciado recolhido nos 10 concelhos que fazem parte da Resitejo passam pela UTMB e do seu processamento resulta matéria orgânica, plásticos, metais e rejeitados.

- Publicidade -

A maioria dos plásticos são triturados e enviados para combustível derivado de resíduos (CDR). Os metais são encaminhados para reciclagem. E quanto à matéria orgânica, é processada e transformada em corretivo orgânico, o NutriSolo, que pode ser utilizado na agricultura como fertilizante. Através deste aproveitamento, o material a depositar em aterro é reduzido ao mínimo.

Na UTMB, outro investimento que está a ser feito é a reparação da Tromel 1 (grande peneira mecânica rotativa usada para separar materiais), operação realizada pela Bianna Recycling Portugal, Lda e que custa 69.884,58 euros + IVA.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome