PUB

Chamusca | Perigo nos semáforos do Pinheiro Grande

O alerta chegou à redação do mediotejo.net através de uma mensagem via Messenger de um morador do Pinheiro Grande, no concelho da Chamusca.

PUB

Nos semáforos desta localidade, existe há mais de sete meses uma caixa de acionamento dos semáforos para peões que está partida e com os fios elétricos descarnados.

“Como não encontrei outro interlocutor para denunciar uma situação que se arrasta há alguns meses, em plena EN 118 Km 103,7 recorri à vossa página para vos informar na esperança de passarem a mensagem na resolução do problema”, escreve o munícipe.

PUB

Tendo em conta o perigo da situação e tratando-se de uma estrada nacional, entrámos em contacto com a Infraestruturas de Portugal para obter mais informação. Através da Assessoria de Imprensa fomos informados que “a manutenção dos semáforos em questão na EN118, em Pinheiro Grande, está a cargo da Câmara Municipal da Chamusca”.

Da autarquia, recebemos informação de que a responsabilidade daqueles semáforos em concreto é da Infraestruturas de Portugal, com base na referência que consta nos equipamentos. Apenas os equipamentos instalados pela Câmara são da sua responsabilidade, garante uma fonte da autarquia.

Seja como for, os serviços vão contactar a IP a alertar para o problema e articular uma solução tão rápida quanto possível uma vez que está em causa a segurança das pessoas.

Pinheiro Grande, Chamusca. Foto: mediotejo.net

A referência no semáforo indica que a responsabilidade é da IP. Foto: DR

 

PUB
PUB
José Gaio
Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).