- Publicidade -
Quinta-feira, Janeiro 27, 2022
- Publicidade -

Chamusca | Município reforça campanha de sensibilização contra Covid-19

“Seja responsável” é o lema da nova campanha lançada pelo Município da Chamusca e destinada a sensibilizar a população para os cuidados a ter nesta nova fase de mitigação da pandemia Covid-19. A campanha coloca a ênfase nos três gestos mais importantes no combate à pandemia: uso de máscara, higienização das mãos e distanciamento físico (1,5 a 2 metros) entre pessoas.

- Publicidade -

- Publicidade -

Através de meios digitais, de mupis, de outdoors e de flyers, o Município da Chamusca apela a que os munícipes mantenham uma postura responsável e que continuem a cumprir todas as recomendações da Direção Geral de Saúde.

Conforme explica a autarquia em nota de imprensa, a campanha dirige ainda uma mensagem aos agentes económicos do concelho, apelando a que apoiem as autoridades neste esforço coletivo, cumprindo as medidas preventivas impostas pela legislação, nomeadamente, a obrigação de uso de máscara no interior dos estabelecimentos, a organização dos lugares destinados aos clientes de forma a respeitarem a distância mínima de 2 metros e ainda a obrigação de fazer a limpeza e desinfeção regular e constante dos espaços, equipamentos, objetos e superfícies com utilização intensa de pessoas.

- Publicidade -

É ainda recomendado à população em geral que opte pelo uso de máscara em locais públicos abertos, como esplanadas, e em todas as situações que não estejam a consumir qualquer produto ou serviço.

Aos cidadãos com teste positivo à Covid-19, e aqueles que estejam em situação de vigilância ativa, a Câmara recomenda que devem manter-se em confinamento obrigatório e evitar de todo o contato com outras pessoas, sem as devidas medidas de proteção indicadas pelas autoridades de saúde.

- Publicidade -

O apelo final da campanha é que “Não corra riscos, seja responsável. Por si, pela sua família, por todos nós”.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome