Chamusca | Mais touradas e mais espectadores pelo terceiro ano consecutivo

A tauromaquia esteve em alta no ano de 2019, segundo os dados do Relatório da Atividade Tauromáquica 2019 da Inspeção-Geral das Atividades Culturais (IGAC), publicado há poucos dias. À semelhança do que aconteceu a nível nacional, também no distrito de Santarém se assistiu a um aumento do número de corridas de touros e de espectadores, facto que se repete pelo terceiro ano consecutivo.

PUB

Para isso contribuiu o centenário da Praça de Touros da Chamusca com um programa de várias atividades taurinas ao longo da época e os novos concessionários das praças de touros de Santarém e de Tomar.

A praça Celestino Graça, em Santarém, foi a que registou o maior número médio de espectadores por corrida (cerca de 8.500), seguida do Campo Pequeno, em Lisboa e da praça de Coruche, ambas com, aproximadamente, 4.100.

PUB

No total, as três corridas realizadas em Santarém registaram 25.737 espectadores, quando na época tauromáquica de 2018 nem sequer surgia na lista das praças de touros com mais de 10 mil espetadores.

Segundo aquele relatório, foram organizadas ao longo do ano cinco espetáculos taurinos na Chamusca (mais três do que no ano anterior), três em Santarém, dois em Tomar, em Almeirim e em Benavente, um em Vila Nova da Barquinha e outro em Riachos, Torres Novas.

PUB

Rui Salvador, cavaleiro tauromáquico de Tomar, participou em menos corridas do que em 2018, ano em que somou 20 atuações. Este facto não será alheio à lesão que sofreu em novembro e que o fez encerrar da pior maneira a temporada em que assinalou 35 anos de alternativa.

Quanto às atuações dos grupos de forcados, são os Amadores de Santarém a registar maior número de atuações: 17 (mais cinco do que em 2018). Seguem-se os Forcados Amadores do Ribatejo (15, menos uma do que no ano anterior), Amadores de Coruche (13, menos três do que 2018), Amadores da Chamusca 12 (mais três do que no ano anterior), Amadores do Aposento da Chamusca (10, mais duas do que em 2018), Amadores de Tomar (7, manteve), Amadores do Cartaxo (5, menos duas) e Amadores de Riachos  (2, manteve).

De acordo com o referido relatório, a nível nacional 383.900 pessoas assistiram durante 2019 a atividades relacionadas com a tauromaquia, o que representa um aumento de 4.900 espectadores em relação a 2018, ano em que este número se ficou pelos 379 mil.

Entre os 174 espetáculos tauromáquicos realizados, os mais populares continuam a ser as corridas de touros, que em 2019 representaram 71% do total dos espetáculos desta natureza (realizaram-se 124 espetáculos deste tipo).

As corridas mistas diminuíram cerca de 46% comparativamente a 2018 (aconteceram apenas sete em 2019), enquanto o número de corridas de toiros aumentou 11% — segundo os dados do IGAC, sendo a única tipologia que aumentou em detrimento das outras.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here