Chamusca | Coração do Ribatejo está em Ascensão até dia 13 (c/vídeos e fotos)

Na hora do discurso de abertura (Foto: mediotejo.net)

É com alegria estampada do rosto que os Chamusquenses participam na Semana da Ascensão, certame que decorre na vila de 5 a 13 de maio. Meses antes, já o povo do Concelho anseia pela festa e antes desta terminar começa-se já a pensar na próxima edição.

A “única semana com nove dias”, como costuma dizer o Presidente da Câmara, Paulo Queimado, representa um momento alto do ano para as gentes da Chamusca.

O seu lado castiço, em que a festa brava e as tradições ribatejanas estão presentes em todo o lado, aliado a um cartaz atrativo, faz da Semana da Ascensão um evento de referência na região e até a nível nacional.

Antes da abertura oficial, que decorreu na tarde de sábado, dia 5, ouve-se fado nas colunas de som das ruas, com destaque para um fadista local, João Chora.

No coração da vila estão perto de 50 stands representando as juntas de freguesia, associações, artesãos de todo o pais, escolas, empresas, IPSS e universidades seniores. Não faltam as habituais tasquinhas e barracas de comes e bebes.

Demonstrativo de que estamos no coração do Ribatejo, num dos largos são os stands do Clube Taurino do Concelho da Chamusca, Coudelarias e Ganadarias do concelho da Chamusca, Grupo de Forcados do Aposento da Chamusca, Grupo de Forcados Amadores da Chamusca, Associação Eh! Toiro e Associação Hípica do Concelho da Chamusca.

Primeiro dia da Semana da Ascensão na Chamusca. Sessão de abertura

Publicado por mediotejo.net em Sábado, 5 de Maio de 2018

No discurso inaugural, Paulo Queimado, Presidente da Câmara, depois de dar as boas vindas às dezenas de convidados, destacou a importância fundamental que tem a Semana da Ascensão para a coesão territorial e para a promoção do concelho e da região.

Aproveitou o momento para valorizar os projetos desenvolvidos nas escolas e que estão patentes nos stands do agrupamento. Na área da juventude realçou a Feira da Educação e da Juventude onde são apresentados projetos como o Matriz 21, gabinete criado a pensar nos jovens onde são disponibilizadas ferramentas do que podem fazer em termos de empreendedorismo pessoal.

Como frisou Paulo Queimado, na Feira Social, onde estão mais de uma dezena de stands, dá-se visibilidade aos projetos desenvolvimentos pelos seniores, este ano dedicados ao tema “nylons e popelinas”. Segue-se o “princípio de colaboração e participação ativas” que a Autarquia quer trabalhar no concelho da Chamusca.

Primeira largada de toiros da Semana da Ascensão na Chamusca.

Publicado por mediotejo.net em Sábado, 5 de Maio de 2018

Depois do discurso inaugural e do hastear das bandeiras ao som da fanfarra dos bombeiros, a comitiva percorreu as dezenas de stands da feira.

A tarde terminou com a primeira largada de toiros. Uma hora mais tarde do que o previsto, primeiro chegaram os cabrestos conduzidos pelos campinos, e depois regressaram ao início da manga para trazerem o primeiro toiro.

O rebentamento de um foguete anuncia o início da largada para um percurso alucinante completado em menos de um minuto. Com um misto de medo e adrenalina no público, a cena repete-se com o segundo toiro naquilo que é uma espécie de “aquecimento” para a grande largada de toiros na quinta feira de Ascensão em que o percurso será maior, na avenida principal da vila, e a assistir estarão milhares de pessoas.

“Parece que estamos em Pamplona”, comentava um espectador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here