Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Novembro 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Chamusca | Câmara vai investir 2 ME para reabilitar estrada entre Pereiro e Semideiro

A Câmara Municipal da Chamusca aprovou por unanimidade contrair um empréstimo até ao montante de cerca de 2 milhões de euros [1.992.833,52 euros] com vista à reabilitação da EN 574 entre Pereiro e Semideiro. A decisão foi tomada na reunião do dia 23 de fevereiro realizada por videoconferência.

- Publicidade -

Consultadas várias entidades bancárias, a que apresentou a proposta mais vantajosa foi o Millennium BCP. Para a contratação deste empréstimo, a Assembleia Municipal já deu a respetiva autorização numa sessão realizada em setembro.

O atual pavimento da Estrada Municipal E.M. 574, apresenta um estado de conservação com diversas patologias, quer a nível de fundação, quer ao nível superficial. A solução pensada pelos serviços técnicos da autarquia foi elaborada com o intuito de garantir uma melhoria das condições de circulação e de segurança, e do estado de conservação da estrada.

- Publicidade -

A intervenção prevista a realizar na E.M. 574, encontra-se dividida em dois troços distintos, o primeiro troço entre a EN 118 e a localidade de Ulme (com uma extensão aproximada de 3.350 m) e o segundo troço entre Ulme – Casalinho – Semideiro (com uma extensão de 12.300 m).

Para ambos os troços a intervenção prevista compreende trabalhos de terraplanagens, drenagem superficial e transversal, pavimentação (saneamentos nas zonas de ocorrência de patologias associadas a problemas de fundação, alargamento da plataforma e reperfilamento da mesma onde as irregularidades longitudinais e transversais sejam maiores), obras acessórias (pinturas de guarda-corpos, execução de muros de contenção) e Equipamento de segurança (sinalização vertical, horizontal, guiamento e balizagem e guardas de segurança metálica).

A intervenção a realizar no 1º troço tem como preço base no valor de 551.233,51 euros e o segundo troço, um valor base de 1.552.254,82 euros, perfazendo um total no valor de 2.103.488,33 euros.

 

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome