Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Outubro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Chamusca | Câmara faz balanço positivo da Semana da Ascensão

Para o Município da Chamusca, a Semana da Ascensão, que decorreu de 8 a 16 de maio, “foi um sucesso”. Num balanço sobre o evento principal da vila no coração do Ribatejo pelo segundo ano consecutivo marcado pelas restrições da pandemia, o Município refere que a Semana da Ascensão “reinventou-se, tendo elegido o formato misto (formato presencial e formato digital)”:

- Publicidade -

Durante os nove dias de festa, foi possível a realização de concertos no Cineteatro da Chamusca, com a lotação limitada a 130 lugares e foi assegurada a sua transmissão nas plataformas de streaming do Município. 

Conforme referiu o Presidente da Câmara Municipal da Chamusca, Paulo Queimado, “havendo a possibilidade de as salas de espetáculos poderem receber público, condicionado a um número de lugares limitado, não queríamos deixar de comemorar aquela que é a nossa semana maior”. 

- Publicidade -

E a população aderiu em força naquela que é “a semana mais ansiada por todos os chamusquenses e também o ponto alto das festividades e da afirmação da identidade do concelho”. 

Ao palco do Cineteatro da Chamusca subiram João Chora, Joaquim Lourenço, Rui Tanoeiro, Marisa Ferreira, Luís Trigacheiro (vencedor do concurso televisivo “The Voice Portugal”), Padre José Luís Borga, Manuel João Ferreira e José Cid. O cartaz musical contou ainda com a realização de uma Tertúlia Fadista, que reuniu vários convidados do panorama musical nacional.  

Em nota de imprensa, a autarquia sublinha que “a realização dos espetáculos cumpriu todas as normas da DGS, tendo sido limitada a presença de 130 pessoas por concerto e sendo obrigatório o uso de máscara durante toda a permanência no Cineteatro. De igual modo, todos os espetáculos musicais cumpriram com a hora limite (22h30)”.  

Quem estava em casa podia acompanhar os espetáculos uma vez que o Município assegurou a transmissão em direto dos concertos, nas suas redes sociais, nomeadamente Facebook e Youtube.

As estatísticas finais disponíveis na página oficial do Facebook do Município revelam que, entre os dias 8 e 16 de maio, registaram-se mais de 147 mil visualizações dos vídeos publicados e mais de 72 mil interações com esses vídeos (comentários, gostos e partilhas). Merece especial destaque o dia 13 de maio de 2021, quinta feira de Ascensão, que alcançou um total de 57 530 pessoas, através dos conteúdos publicados. 

Ao longo dos nove dias de festa, foram visualizados mais de 189 mil minutos de conteúdos, entre eles concertos e entrevistas em direto, workshops temáticos e muitas horas de imagens e de memórias de edições anteriores da Semana da Ascensão.     

A Semana da Ascensão ficou marcada pela inauguração da estátua “O Toiro”, da autoria de Rui Fernandes, cerimónia que teve lugar no dia 13 de maio, quinta feira de Ascensão, feriado municipal, junto à centenária Praça de Toiros da Chamusca. 

Na cerimónia, o presidente da Câmara salientou: “esta peça é muito mais que um toiro. Esta escultura é uma alusão à expressão da nossa História, da nossa tradição e das nossas vivências, e é uma representação das origens do nosso concelho”. 

Paulo Queimado reforçou ainda que a escultura pretende enaltecer a figura do Toiro Bravo, símbolo característico da charneca e da lezíria, onde a sua criação possui um impacto económico e social significativo na comunidade, na manutenção de postos de trabalho e forte impulsionadora na área do turismo. 

A história da Chamusca possui fortes ligações à criação do toiro bravo e como tal, na estrutura envolvente à escultura, estão inscritos os ferros das ganadarias do concelho, as que ainda estão ativas e as que já desapareceram. 

As comemorações da Semana da Ascensão contaram ainda com celebrações de cariz religioso, nomeadamente a Missa Campal e a Benção dos Dons da Terra e dos Animais, ambas de significado marcante para os chamusquenses. O programa da Ascensão integrou a realização de duas corridas de toiros, a primeira no dia 13 de maio, feriado municipal em Quinta Feira de Ascensão, e a segunda corrida, no dia 16 de maio, domingo, último dia das festividades.  

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome