Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Chamusca | Câmara aprova Programa Estratégico de Reabilitação Urbana para o Arripiado

Por unanimidade, a Câmara Municipal da Chamusca aprovou o Programa Estratégico de Reabilitação Urbana para a ARU – Área de Reabilitação Urbana do Arripiado, na reunião realizada no dia 7 de março, em que o vereador Rui Rufino, da coligação PSD/CDS-PP/MPT, se fez substituir pela vereadora Cláudia Micaela Pinto.

- Publicidade -

O Programa Estratégico, numa primeira fase, consistiu na delimitação da Área de Reabilitação Urbana que abrange a zona mais antiga da aldeia, da rua 25 de Abril para baixo (ver mapa).

Conforme explicou o presidente da Câmara, Paulo Queimado (PS), verifica-se que nesta zona “os edifícios antigos estão em mau estado de conservação”. Com a ARU pretende-se “criar algum incentivo para que os proprietários possam avançar com obras de requalificação”, concretizou o autarca, elencando a série de mais-valias e benefícios fiscais para os proprietários, que passam por isenções no IMI, no IMT e até deduções à coleta em sede de IRS.

- Publicidade -

Centro de BTT avança

Quanto aos projetos de investimento público previstos no Programa Estratégico, Paulo Queimado destacou o Centro de BTT do Arripiado que se encontra em fase de projeto de marcação de perímetros e percursos. Para esta tarefa está a colaborar a União Cultural e Desportiva Arripiadense   (UCDA), do Arripiado, “uma preciosa ajuda”, conforme caracterizou o Autarca.

O Centro de BTT vai fazer parte da Rede Integrada de Centros de BTT a nível nacional, tendo em vista a oferta turística de produtos walking e cycling.

Em contrato do projeto é intenção da Câmara criar-se uma “bike station” fora do centro BTT, projeto que ainda se encontra em fase negocial com a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.

“Para o verão temos Centro de BTT”, garantiu o presidente da Câmara, ressalvando que a integração na rede de centros de BTT só vai acontecer em outubro.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome