Chamusca Basket alcança feito histórico e sobe à Proliga (c/áudio)

O Chamusca Basket Clube alcançou um feito histórico ao conseguir subir à Proliga após receber e vencer o Almada Basket por 80-61. Foto: DR

O Chamusca Basket Clube alcançou na segunda-feira um feito histórico ao conseguir subir à Proliga após receber e vencer o Almada Basket por 80-61. Com um trabalho assente nos escalões de formação, a equipa treinada por Manuel Azevedo impôs-se a clubes de grandes cidades e com outro poder económico e de recrutamento, fazendo valer a sua qualidade e a máxima ‘Interioridade não é sinónimo de inferioridade’. A Chamusca e o basquetebol distrital estão de parabéns.

PUB

No jogo decisivo disputado na Chamusca perante o Almada Basket, num pavilhão despido de público, o conjunto chamusquense não deu veleidades ao seu adversário, venceu os quatro períodos do desafio, e escreveu mais uma página bonita na história do basquetebol distrital. Em declarações ao mediotejo.net, Manuel Azevedo, treinador da equipa sénior e coordenador desportivo do Chamusca Basket Clube – Coração do Ribatejo, deu conta do momento que o clube vive, da importância desta subida de divisão e do que espera o Chamusca na Proliga.

Com 14 equipas federadas (8 masculinas e 6 femininas), o Chamusca Basket assenta o seu trabalho no basquetebol de formação, sendo a equipa sénior composta essencialmente por jogadores formados no clube e naturais da Chamusca e de outros pontos do distrito de Santarém.

PUB

Fundado em 2004, o Chamusca Basket Clube movimenta hoje cerca de 100 atletas, numa tradição desportiva que remonta aos tempos da Casa do Povo da Chamusca, primeira entidade a apostar na modalidade, no ido ano de 1978. Manuel Azevedo, 50 anos, é coordenador técnico de basquetebol na terra que o viu nascer desde 1990, tendo-se sagrado campeão da 2ª divisão nacional pelo Marinhense no ano 2000, numa final disputada em Constância, além de assumir o cargo de selecionador distrital de vários escalões ao longo do seu percurso.

Treinador Manuel Azevedo orienta os seus pupilos do Chamusca Basket para uma vitória histórica. Foto

Com o clube a disputar jogos nos campeonatos profissionais (Liga e Proliga) na próxima época desportiva, que arranca já este mês de outubro, a Chamusca continua a ser o clube referência no basquetebol no distrito de Santarém. Em seniores masculinos, apenas o Santarém Basket chegou a este nível, no início dos anos 2000, e em seniores femininos a história aponta para Santarém Basket (onde chegou a jogar Ticha Penicheiro) e o CD Torres Novas. Um lote restrito de clubes que chega a esse nível e que são montra do trabalho que vários clubes desenvolvem no distrito, essencialmente ao nível dos escalões de formação.

PUB
Chamusca Basket alcança feito histórico e sobe à Proliga. Foto: DR

Presente no pavilhão, o presidente da Câmara da Chamusca, parceiro importante deste projeto desportivo de referência, rapidamente publicou um agradecimento público pelo feito do clube. “Hoje o nosso Chamusca Basket Clube – Coração do Ribatejo, está de parabéns. Hoje fez-se história na Chamusca. Proliga, aqui vamos nós! A tod@s os dirigentes e jogadores, os meus parabéns pelo excelente resultado!”, escreveu Paulo Queimado.

“O trabalho e o compromisso podem disfarçar as fragilidades naturais e normais de estarmos longe dos grandes centros mas também o empenhamento dos jogadores e de um verdadeiro espírito de equipa constituem-se como mais valias para o trabalho desenvolvido e para o resultado final”, observou o técnico, que concluiu com um agradecimento à autarquia da Chamusca –“que nos apoia e incentiva a nunca desistir”, e também aos “fiéis adeptos pela sua presença constante em quase todos os jogos”, agora impedidos de assistir aos jogos de forma presencial devido à pandemia mas incentivando e acompanhando pelas várias formas e plataformas disponíveis. “Esta é uma grande família e estou grato a todos que hoje ajudam assim como a todos aqueles que já passaram pelo clube e ajudaram a escrever esta história bonita”, notou Manuel Azevedo.

Fundado em 2004, o Chamusca Basket Clube movimenta hoje cerca de 100 atletas, numa tradição desportiva que remonta aos tempos da Casa do Povo da Chamusca. Foto: DR

Equipa Chamusca Basket Clube: Adaku Anamu, Afonso Gonçalves, André Francisco, André Ruivo, Daniel Santos, João Pereira, João Aranha, João Matias, Leonardo Brettes, Miguel Antunes, Pedro Afonso, Samuel Garrido, Pedro Silva, Gonçalo Rodrigues, João Luz , João Bartolomeu , João Soares, Nicholas Prieto e Eric Fernandes.

Treinador: Manuel Azevedo. Treinadores adjuntos: Rui Oliveira e José Fernandes. Seccionistas: Ana Azevedo e Francisco Padeiro.

Equipas que vão disputar a Proliga/Zona Sul: Chamusca, Eléctrico, Benfica B, Os Belenenenses, CA Queluz, CB Queluz, Academia do Lumiar, e Ginásio Olhanense.

A 1ª jornada decorre este sábado, 17 de outubro, e a Chamusca recebe o CB Queluz. O Eléctrico joga em Ponte de Sor com o Ginásio Olhanense.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here