Centro 2020 financia bolsas no ensino superior para atrair estudantes para o interior

o Politécnico de Tomar participou na versão portuguesa do Manual de Apoio à Aprendizagem Flexível. Imagem do Instituto Politécnico de Tomar (IPT): DR

O Programa Centro 2020 vai financiar 1.087 bolsas de mobilidade destinadas a estudantes que optem por frequentar instituições de ensino superior público do interior da Região Centro, um investimento total de 1,4 milhões de euros.

PUB

Feito com o recurso a verbas do Fundo Social Europeu (FSE), este apoio resulta de uma candidatura, agora aprovada, da Direção-Geral de Ensino Superior, referente a Bolsas de Mobilidade instituídas pelo Programa + Superior, que vai envolver 761 alunos, num período de dois anos letivos.

“Trata-se de uma medida de diferenciação positiva do interior da região Centro, que procura contribuir para a atração de jovens para os territórios do interior e ao mesmo tempo aumentar o número de jovens com formação superior”, resume a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa.

PUB

Este apoio tem como principal objetivo incentivar a frequência de instituições de ensino superior público com menor procura, por se encontrarem sediadas no interior da região, de menor densidade demográfica, promovendo assim a atribuição de bolsas de mobilidade a estudantes.

No caso do Programa Centro 2020, o apoio destina-se a estudantes que, residindo habitualmente noutros territórios do país, submetam candidaturas à Universidade da Beira Interior, aos Institutos Politécnicos de Castelo Branco, da Guarda, de Viseu e de Tomar e à Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital, do Instituto Politécnico de Coimbra.

PUB
Edifício da ESTA, pólo do IPT, em Abrantes. Foto: DR
Edifício da ESTA, pólo do IPT, em Abrantes. Foto: DR

O programa + Superior foi criado em 2014 com o objetivo de “atrair candidatos para 12 instituições de ensino superior de regiões do país com menor pressão demográfica”.

Numa primeira fase, as instituições selecionadas foram as universidades da Beira Interior, Évora e Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, e os institutos politécnicos de Viana do Castelo, Bragança, Guarda, Castelo Branco, Viseu, Tomar, Santarém, Portalegre e Beja.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here