Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Castelbranco e Cartaxo candidatos a Abrantes pelo PSD

O arquiteto António Castelbranco é oficialmente o candidato do PSD à Câmara Municipal de Abrantes nas eleições autárquicas a realizar em 2017, ao passo que António Cartaxo, diretor comercial, é quem vai concorrer pelos social-democratas à União de Freguesias de Abrantes, Alferrarede, São João e São Vicente, apurou o mediotejo.net junto de fonte próxima da Comissão Politica Concelhia (CPC) do partido.

- Publicidade -

O nome de António Castelbranco foi ratificado em sede de plenário de militantes na pretérita semana. Natural de Abrantes, e com 52 anos de idade, Castelbranco é o nome em quem os sociais-democratas de Abrantes apostam para “conquistar a Câmara Municipal”, gerida, quase sempre, por executivos de maioria socialista.

“Foi o nome que a Comissão Politica Concelhia do PSD de Abrantes apresentou ao plenário de militantes e que o mesmo ratificou”, disse ao mediotejo.net o presidente da concelhia do PSD de Abrantes, Rui Santos.

- Publicidade -

Sobre o nome de António Cartaxo para a União de Freguesias de Abrantes, a maior do concelho, optou por um “não confirmar nem desmentir”, tendo o mediotejo.net apurado, no entanto, junto de fonte próxima da CPC do PSD, que Cartaxo é mesmo em quem o partido aposta para conquistar a mais populosa união de freguesias do concelho de Abrantes.

Em declarações ao mediotejo.net, Rui Santos afirmou que o objetivo é vencer as eleições e que o PSD vai concorrer a todas as freguesias “com uma equipa renovada, motivada e com algumas surpresas. Sabemos que é difícil mas o objetivo é conquistar a Câmara de Abrantes e afastar os socialistas da governação”.

O PSD, avançou o dirigente politico, vai concorrer sozinho e sem coligações, e vai apresentar no início do ano 2017 todos os candidatos que vão concorrer pelo PSD às freguesias do concelho, assim como o mandatário e os candidatos à Câmara Municipal e Assembleia Municipal de Abrantes.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here