Carregueira | Junta de Freguesia aprova voto de louvor a José Cid

A junta de freguesia da Carregueira, no concelho da Chamusca, aprovou por unanimidade e aclamação um voto de louvor ao músico José Cid, “pela sua importância na cultura musical internacional e nacional, mas fundamentalmente enquanto representante de todos os músicos do Concelho”.

PUB

O voto de louvor foi apresentado pelo presidente da Junta, Joel Marques, na sessão ordinária do dia 3 de setembro, após a qual José Cid foi contactado, ficando agendada para breve a entrega do Medalhão da Freguesia da Carregueira.

Através desta distinção, o objetivo é “homenagear todos os músicos do concelho da Chamusca que levaram e levam, o nome do Concelho e das suas Freguesias aos mais variados cantos do país e, em alguns casos, para além das fronteiras”, lê-se no documento.

PUB

“Apesar desta humilde homenagem ser extensível aos vários agentes musicais do nosso Concelho”, o proponente entendeu individualizar, “com a certeza que o homenageado representará todos os seus colegas, ao músico, compositor e autor, José Cid, que recentemente foi distinguido pela Academia Latina com o Grammy por Excelência Musical, o que só pode encher de orgulho todos os habitantes e naturais do Concelho da Chamusca e o que seguramente ir-se-á refletir no aparecimento de novos fenómenos musicais, nas gerações futuras e reforçará o orgulho daqueles que são músicos no e do concelho”.

No voto de louvor refere-se ainda que a freguesia da Carregueira “desde sempre apoiou e desenvolveu as mais variadas formas culturais e recreativas, como se pode comprovar com as atividades que vão desde os ranchos folclóricos até aos, já confirmado e em crescente, desfiles de marchas populares, não esquecendo todas e demais atividades que se vão realizando ao longo do ano e, logicamente, acrescentamos o nosso enorme orgulho pelo facto da Carregueira ser a sede da única banda filarmónica existente no concelho”.

“Mas apesar da nossa identidade enquanto Freguesia, da qual, nos orgulhamos, temos um elevado gosto em pertencer ao concelho da Chamusca, que tantos e bons músicos tem dado ao mundo, sendo seguramente dos concelhos que melhor está representado nas mais variadas formas de cultura musical e artística”, realça-se no voto de louvor.

José Cid nasceu e passou a sua infância na Chamusca.

PUB
PUB
José Gaio
Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).