Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Canoagem: Laia recebida em festa por apuramento para Jogos Olímpicos

A Presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, esteve ontem na receção da atleta olímpica Francisca Laia, que se qualificou na passada quinta feira para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

- Publicidade -

A receber a atleta abrantina estiveram ainda amigos e familiares, além do presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, Victor Manuel Taborda Félix.

LAIA1Na Final de K1 200, que decorreu em Duisburgo, na Alemanha, a contar para a qualificação olímpica em canoagem da zona europeia, a canoísta abrantina conseguiu a quarta posição, sendo que apenas as duas primeiras posições garantiam automaticamente vagas para o Rio 2016. Mas as contas finais acabaram por beneficiar a atleta, que foi “repescada”.

- Publicidade -

João Laia, pai de Francisca, disse ao mediotejo.net ser “uma alegria enorme” ver que ela conseguiu “alcançar o sonho” de ir aos Jogos Olímpicos.

“Ainda estou a tentar digerir todas estas emoções e este sonho que ela tinha na vida e que ajudei a construir, ao longo de muitos anos na formação do Clube Desportivo Os Patos”, clube de Rossio ao Sul do Tejo, em Abrantes, começou por referir, tendo destacado que esta “é uma vitória de todos”.

“É uma vitória da Francisca, dos pais, dos Patos, de Portugal e de Abrantes”  destacou o pai da atleta, e que é também o seu mentor na canoagem.

João Laia treinou Francisca Laia desde 2001, nos Patos, e até fevereiro deste ano, quando a atleta assinou pelo Sporting Clube de Portugal. Hélder Rodrigues, presidente do clube do Rossio ao Sul do Tejo, em Abrantes, há 17 anos, refere ao mediotejo.net que “a perseverança e a capacidade de trabalho que tem desenvolvido, a força de vontade e espírito de sacrifício enorme” são as qualidades que distinguem Francisca Laia como grande atleta.

“Muitos começaram como ela, mas nem todos continuaram porque é muito difícil manter a perseverança e a Francisca tem conseguido isso, até pela forma brilhante como consegue conciliar os estudos com a prática  do desporto”, acrescenta Hélder Rodrigues, destacando ainda “o enorme talento que ela tem”.

Kika, como é conhecida, começou a gostar de canoagem por volta dos seis anos. Aos 22 anos, é estudante de Medicina e Vice-Campeã do mundo na especialidade K1 200, e irá representar Portugal no JO do Rio de Janeiro, conseguindo assim mais um feito para a sua curta, mas já repleta carreira de êxitos, no mundo da canoagem.

FOTOS: CM Abrantes

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome