Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Setembro 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Campanha: Os passarinhos pertencem à Natureza

Foi lançada esta semana uma nova campanha contra a captura e abate ilegal de aves em Portugal, em que o humorista Nuno Markl apela a que não se perpetue este crime contra a Natureza. Nesta época do ano milhares de aves migradoras são apanhadas com armadilhas ou redes. A campanha a nível nacional dá a conhecer a gravidade deste problema e explica como se devem denunciar situações ilegais.

- Publicidade -

A captura de aves, além de ser um crime punível por lei, é um atentado à natureza. Por isso, a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) apela a que situações ilegais sejam imediatamente denunciadas às autoridades, referindo a localização exata e enviando fotos, se possível. Segundo Julieta Costa, responsável pela campanha, “quanto mais rápida for a denúncia, mais eficaz será a ação das autoridades junto do infrator, podendo serem salvos mais animais. Muitas vezes as queixas são feitas no dia seguinte, o que faz com que, na maioria dos casos, armadilhas ou mesmo aves capturadas já não estejam no local”. É importante ressalvar que todas as denúncias são anónimas, de modo a preservar a identidade das pessoas.

Vão ser concentrados esforços para reduzir esta ameaça às aves sobretudo na região do Algarve, uma das zonas mais problemáticas de captura ilegal de aves para petisco. Para isso será fulcral o trabalho em conjunto com as autoridades como o SEPNA/GNR, a ASAE e o ICNF – Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas.

- Publicidade -

Paralelamente está previsto analisar as leis atuais, consideradas insuficientes, e propor alterações. De acordo com Julieta Costa “a SPEA tem recebido muitas queixas de situações ilegais e apercebeu-se que havia um desconhecimento dos procedimentos a tomar. Trabalhar em conjunto com outras ONGAs e autoridades demonstra uma vontade de alcançar resultados efetivos na proteção da nossa Natureza.”

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome