PUB

Câmara diz que Ministro está “sensibilizado” para que Hospital de Tomar volte a ter Medicina Interna

“O Ministro da Saúde está sensibilizado para que o Hospital de Tomar volte a ter Medicina Interna”. Esta foi a mensagem que a Câmara de Tomar trouxe de Lisboa, após a presidente da autarquia, a socialista Anabela Freitas, ter sido recebida na manhã de terça-feira, 29 de dezembro, em audiência pelo Ministro Adalberto Campos Fernandes. Com vista a dar seguimento a estas pretensões, segundo apurámos, não estão descartados outros encontros da autarca de Tomar com o Ministro.

PUB

MINISTRO SAUDE CM T FOTO ANT FREITAS7
Para além de Adalberto Campos Fernandes, na sala de reuniões encontrava-se também o Secretário de Estado da Saúde e o presidente da ARS de LVT

Anabela Freitas fez-se acompanhar pelo vereador Bruno Graça, que tem a seu cargo o pelouro da Saúde, e ainda pelos deputados da Assembleia da República, eleitos pelo PS no distrito de Santarém, António Gameiro e Hugo Costa. Uma reunião que teve início pelas 11h45, terminando por volta da hora de almoço.

PUB

Para além de Adalberto Campos Fernandes, na sala de reuniões encontrava-se também o Secretário de Estado da Saúde e o presidente da ARS de Lisboa e Vale do Tejo. O objectivo da comitiva passou por fazer chegar ao Ministério da Saúde as principais preocupações das populações da região de Tomar, que já constam em inúmeras deliberações da Assembleia e Câmara Municipal, especialmente desde 2012.

MINISTRO SAUDE CM T FOTO ANT FREITAS4
Anabela Freitas fez-se acompanhar pelo vereador Bruno Graça e ainda pelos deputados António Gameiro e Hugo Costa

O mediotejo.net apurou que “o Ministro mostrou-se totalmente disponível” para analisar as pretensões  pensadas para o Hospital de Tomar, prometendo avaliá-las com responsáveis de outras estruturas da saúde inclusivé com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo. Ficou ainda prometido a realização, muito em breve, de mais uma audiência com os autarcas de Tomar afim de se propor as medidas e discutir soluções.

Num comunicado enviado pela autarquia tomarense à comunicação social, a mensagem veiculada é que “o ministro e demais responsáveis ficaram sensibilizados para que Tomar passe a ter, a breve trecho, um efectivo serviço de Medicina Interna e uma requalificação das urgências,  equacionando-se nesse contexto a integração de Tomar numa rede de referenciação mais próxima, evitando deslocações prejudiciais para os utentes e respetivos familiares”.

MINISTRO SAUDE CM T FOTO ANT FREITAS3
Ministro pode voltar a reunir com autarcas de Tomar

Adalberto Campos Fernandes, reafirma esse mesmo comunicado, voltou a assumir o seu empenho em dar maior liberdade de escolha ao utente no que se refere ao Hospital onde se pretende deslocar. “Ficou o compromisso da nova equipa do Ministério da Saúde de estudar, mais em concreto, as soluções definitivas a implementar no decurso do próximo ano, disso indo dando conta aos autarcas da região”, sublinha a autarquia.

PUB
PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).