Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Setembro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Câmara de Abrantes investe 360 mil euros na construção da USF de Rossio ao Sul do Tejo

A Câmara de Abrantes aprovou no início de março, por maioria, o projeto de execução da futura Unidade de Saúde Familiar de Rossio ao Sul do Tejo, com vista ao lançamento da empreitada, com o preço base fixado em 364 250 euros , mais IVA.

- Publicidade -

- Publicidade -

Com um prazo de execução estimado de 210 dias, a obra constará da reabilitação e adaptação do edifício do antigo mercado diário, contemplando ainda a requalificação do largo existente, dotando-o de 10 lugares de estacionamento, sendo um para deficientes e outro para ambulâncias.

A construção deste equipamento de saúde, com capacidade para 5.000 utentes, será realizada pela Câmara Municipal de Abrantes em colaboração com a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I.P. (ARSLVT) e visa oferecer modernas infraestruturas, uma vez que, refere a autarquia, as atuais instalações da extensão de saúde “não asseguram um acolhimento humanizado e um atendimento compatível com os modernos padrões definidos para o Serviço Nacional de Saúde”.

- Publicidade -

CENTRO1
Atuais instalações do Centro de Saúde de Abrantes

CENTRO2 O investimento já tem financiamento assegurado através dos investimentos territoriais integrados  (ITI), observa a mesma nota, tendo acrescentado que esta “será mais uma resposta para atenuar o problema da falta de médicos de família no concelho de Abrantes, esperando-se que com esta nova construção fiquem criadas condições para formalização de uma segunda equipa USF – Unidade de Saúde Familiar”.

 

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome