Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Breves | Economia

Santarém | Requalificação do mercado municipal de avança em abril de 2019

- Publicidade -

A Câmara de Santarém quer iniciar em abril de 2019 a obra de requalificação do mercado diário da cidade, um edifício de 1930 do arquiteto Cassiano Branco, numa intervenção de valor superior a dois milhões de euros.

O projeto de Paulo Henriques Durão, considerado pela revista “Wallpaper” como um dos 20 mais promissores jovens arquitetos de 2013, foi aprovado por unanimidade na mais recente reunião do executivo municipal escalabitano, realizada na sexta-feira à tarde, juntamente com o caderno de encargos para o concurso internacional que a autarquia vai lançar.

- Publicidade -

O presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves (PSD), elogiou a intervenção proposta por Paulo Durão, que procura aliar o restauro do edifício, classificado como Monumento de Interesse Público em 2012, a uma leitura atual do contexto urbano em que se insere, apreciação partilhada pelo conjunto do executivo.

Referindo o papel desempenhado pelo vereador responsável pelo Urbanismo no anterior executivo municipal, o arquiteto Luís Farinha, o autarca disse acreditar que o projeto agora aprovado tornará “uma referência nacional” o mercado de Santarém – conhecido também pelos 55 painéis de azulejo que decoram o seu exterior com imagens do património e monumentos da cidade e representações de trabalhos e atividades agrícolas.

O autarca afirmou que foram feitas reuniões com os atuais vendedores do mercado diário e das lojas que se situam na cintura envolvente, tendo sido apresentada como alternativa para funcionamento ao longo dos 12 meses previstos de duração da obra o antigo pavilhão do artesanato, situado no Campo Emílio Infante da Câmara.

Este espaço será adaptado a esta função até abril de 2019, afirmou, adiantando que a solução temporária foi bem aceite pelos vendedores.

Ricardo Gonçalves disse esperar que, ao contrário do que tem sucedido com outras obras, o concurso para a reabilitação do mercado não fique deserto e que a obra se possa iniciar na data apontada.

Paulo Durão afirmou que o objetivo é resolver os problemas existentes nas estruturas de alvenaria, nas coberturas e nas infraestruturas (elétrica, de água e de saneamento), “mantendo todas as características notáveis do edifício”, ocorrendo as maiores alterações na “lógica funcional”.

O arquiteto propõe que a grande praça interior dê lugar a quatro praças mais pequenas, numa divisão criada pelas 26 bancas do mercado diário (que se mantém), para as quais se passará a fazer a abertura das lojas que se distribuem pela estrutura exterior.

Estas lojas serão destinadas a restauração, comércio a retalho e de conveniência e serviços, passando, por exemplo, a acolher o posto de turismo, e apostando no “comércio de proximidade/qualidade de produtos locais/exclusivos”.

Agência Lusa

Torres Novas | Nersant promove workshop sobre separação e valorização de resíduos

Dando continuidade ao trabalho que tem vindo a desenvolver na área da economia circular, a NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém vai realizar no próximo dia 10 de setembro mais um workshop, desta vez subordinado ao tema “Separar e Circular para enriquecer” – Oportunidades associadas.

Neste workshop, que terá lugar na Startup Santarém, pelas 15h00, serão dadas a conhecer algumas oportunidades de negócio e de otimização da rentabilidade para os setores com maior relevância na região, nomeadamente a Agroindústria, Metalomecânica, Transportes, Logística, Ambiente e Resíduos.

Esta iniciativa insere-se no projeto Lezíria + Sustentável que a Nersant está a executar em co promoção com a CIMLT – Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, e é cofinanciado pelo Alentejo 2020. A participação neste workshop é gratuita mas carece de inscrição obrigatória no portal da Associação Empresarial em www.nersant.pt.

Torres Novas | Empresas vão ter sessões de esclarecimento sobre apoios e financiamentos

Durante o mês de Setembro a NERSANT volta a realizar sessões de esclarecimento por toda da região, com o intuito de dar a conhecer às empresas os projetos que está a desenvolver e aos quais estas se poderão candidatar. Torres Novas (6 de setembro); Núcleo NERSANT de Abrantes (a 10 de Setembro); Cartaxo, a 12 de Setembro (Auditório
Quinta das Pratas); Startup Santarém, a 13 de Setembro; Núcleo Sorraia de Benavente e Centro de Negócios de Ourém (ambas a 17 de Setembro), são as sessões já agendadas, sempre com início marcado para as 17h00 e com a duração prevista de uma hora.

O objetivo da Associação é dar a conhecer alguns pormenores e informações úteis sobre os vários projetos que a NERSANT está atualmente a desenvolver, todos direcionados para o apoio à atividade e inovação empresarial, explicitando de que forma as empresas se podem candidatar e quais os apoios concedidos em cada um destes projetos.

Dos temas a abordar nestas sessões constam o Plano de Formação financiada para as empresas para o período 2018/2019 através das Formações Modulares Certificadas, que a NERSANT voltará a disponibilizar gratuitamente, a internacionalização e o plano de ações que a Nersant irá implementar até ao final do ano, o projeto Vales e o projeto PPEC – Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica.

VN Barquinha | Regulamento de Incentivo à Fixação de Empresas em fase de consulta pública

Pelo prazo de 30 dias úteis, o Regulamento Municipal de Incentivo à Fixação de Empresas no concelho de Vila Nova da Barquinha encontra-se em fase de consulta pública. A publicação do aviso no Diário da República foi feita a 30 de agosto, data a partir da qual começa a contar aquele prazo.

Trata-se de um documento que tem por objeto “a definição do quadro de apoios de natureza fiscal e tributária a disponibilizar pelo Município de Vila Nova da Barquinha a projetos empresariais que se revistam de inequívoco interesse municipal, designadamente por via do seu contributo para a criação líquida de emprego no concelho”.

O Projeto de Regulamento está disponível para consulta na página da internet do Município, em www.cm-vnbarquinha.pt e no Edifício dos Serviços Municipais, na Praça da República, nas horas normais de expediente.

Jornalista profissional há mais de 30 anos, passou por vários jornais diários nacionais, nomeadamente pelo 'Diário de Lisboa', 'Diário de Notícias' e 'A Capital'. Apaixonada pela profissão desde a adolescência, abraçou o jornalismo nas suas diversas áreas, desde o Desporto às Artes e Espetáculos, passando pela Política e pelos temas Internacionais. O jornalismo de proximidade surge agora no seu percurso.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome