Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Breves | Cultura

Tomar | “Mano a Mano” no Complexo Cultural da Levada

- Publicidade -

O duo composto pelos guitarristas André e Bruno Santos sobe ao palco do Complexo Cultural da Levada este sábado, dia 24. O jazz é estilo musical em destaque neste concerto em que os irmãos passam pelos antigos Lagares d’El Rei, a partir das 21h30, para brindar com o público com um “Mano a Mano”.

Sertã | Literatura em destaque no Convento da Sertã Hotel

- Publicidade -

Foto: DR

O próximo fim-de-semana no Convento da Sertã Hotel começa com um momento em que a literatura tem destaque. Este sábado, dia 24, o local acolhe os participantes do 1º Encontro Nacional de Entusiastas das Máquinas de Escrever “Type_In_N_Out”, pelas 15h30, seguido do lançamento do livro “Linguados”, resultante da parceria da Associação Cultural Mandriões no Vale Fértil e da câmara municipal da Sertã, pelas 17h30.

Ourém | Grupo de Música Contemporânea no palco do cineteatro

O Grupo de Música Contemporânea sobe ao palco do Cineteatro Municipal de Ourém às 18h00 deste sábado, dia 24, no âmbito da iniciativa a iniciativa “Novos Maestros, Jovens Intérpretes”, organizada pela Ourearte. O concerto, com direção do maestro Tiago Oliveira, é antecedido por uma ação pedagógica, entre as 14h00 e as 16h00.

Torres Novas | Sábado com contos de Clara Haddad e teatro de André Amálio

Contadora de histórias Clara Haddad. Foto: DR

O próximo sábado, dia 24, tem propostas para todos os gostos, que começam a meio da manhã e terminam muito perto do final da noite. O roteiro cultural começa na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes e termina no Teatro Virgínia.

O primeiro local recebe a contadora de histórias Clara Haddad, que propõe uma viagem pelo mundo através dos livros nas sessões com “Contos Daqui e Dacolá”, marcadas para as 11h00 e as 15h00.

No segundo é apresentado o espetáculo de teatro documental “Portugal não é um País Pequeno”, em que André Amálio faz refletir sobre os tempos da ditadura e a presença portuguesa em África através de testemunhos e factos reais a partir das 21h30.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome