Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Breves | Cultura

Entroncamento | Fim-de-semana com música para ouvir e dançar

- Publicidade -

O ritmo do fim-de-semana no centro cultural vai ser acelerado com duas iniciativas destinadas a quem gosta de música para ouvir e para dançar. Se o seu caso for o primeiro, passe pelo local a partir das 20h00 de sábado, onde se realiza a “U Rock Session”, promovida pela Associação “R2”. Se preferir dar um “pézinho de dança”, a escolha recai na matiné dançante organizada pela Junta de Freguesia de Nossa Senhora de Fátima, que tem início às 15h00 de domingo.

VN Barquinha | Turma de teatro da FOS estreia peça na Praia do Ribatejo

- Publicidade -

Espetáculo de teatro “História das Estórias de Uma Guerra”. Foto: DR

A turma de teatro da FOS – Formação Ocupacional de Seniores / Universidade Sénior de Vila Nova da Barquinha estreia o espetáculo “História das Estórias de Uma Guerra” este sábado, dia 27, na Junta de Freguesia da Praia do Ribatejo. O salão transforma-se em palco às 21h27 para receber os atores durante a apresentação da peça teatral, associada ao programa que inclui a exposição “A Primeira Guerra Mundial… A História por Contar”, patente no Museu Etnográfico desta localidade até 11 de novembro.

Ourém | Música para bebés na Ourearte

O auditório da Ourearte – Escola de Música e Artes de Ourém recebe duas novas sessões da iniciativa “Música para bebés” na amanhã deste domingo, dia 28. A primeira tem início às 11h00 e é dirigida a recém-nascidos até aos 12 meses, começando meia-hora mais tarde a que tem como público-alvo os bebés com mais de um ano de idade. As próximas sessões realizam-se nos dias 25 de novembro e 16 de dezembro, com os mesmos horários, sendo a do último mês dedicada à época natalícia.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome