Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Breves | Cultura

Torres Novas | Paisagens de Saul Roque Gameiro em dose dupla

- Publicidade -

A arte de Saul Roque Gameiro fica patente ao público em dose dupla a partir das 15h30 deste sábado, dia 22, com a inauguração da exposição “Percurso pela Paisagem” na Praça do Peixe. As obras que têm na paisagem o seu tema central foram pintadas ao longo de décadas pelo artista nascido em Minde, concelho de Alcanena, e sobrinho-bisneto do aguarelista Alfredo Roque Gameiro. Podem ser apreciadas até ao dia 14 de outubro na Praça do Peixe e no Museu Municipal Carlos Reis.

Entroncamento | Exposição partilha 30 anos do Coro Misto do Orfeão

- Publicidade -

Exposição sobre os 30 anos do Coro Misto do Orfeão do Entroncamento. Foto: DR

O Coro Misto do Orfeão do Entroncamento comemora o seu 30º aniversário e partilha a sua história a partir deste sábado, dia 22, na Galeria Municipal do Entroncamento. A exposição “Orfeão 30 Anos – Retratos e Objetos que Cantam” é inaugurada às 17h00 e divulga momentos simbólicos da associação que se estreou em 1988 no Cineteatro São João e, atualmente, também integra uma Escola de Música.

Além das iniciativas que organiza anualmente na cidade, como o Festival de Coros e o Concerto de Reis, o Orfeão do Entroncamento representa o concelho em diversos eventos nacionais e internacionais. São estas e outras as histórias que podem ser conhecidas até ao dia 4 de outubro, entre as 15h00 e as 19h00, exceto à segunda-feira.

Torres Novas | Escritor Hugo Santos homenageado na biblioteca municipal

O escritor Hugo Santos é homenageado a partir das 16h30 deste sábado, dia 22, na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes. Um momento simbólico dedicado ao autor de mais de 40 obras literárias em que se encontram poemas, romances e contos numa carreira dedicada à escrita, partilhada com a de docente. Nascido em Campo Maior, fez do concelho torrejano casa desde a década de 80, onde escreveu sobre amor, família, pássaros, nostalgia e o Alentejo.

Entre os diversos prémios conquistados encontram-se, na poesia, o Prémio Antero de Quental pela obra “Corpo Atlântico” e o Prémio Cesário Verde por “Decálogos do Bom Amor”. Na prosa, os romances “A Mulher de Neruda” e “As Mulheres que Amaram Juan Tenório” foram reconhecidos pelo Grande Prémio de Albufeira e o Prémio Miguel Torga, respetivamente. O livro infantil “Eu, a Casa, os Bichos e Outras Coisas” é recomendado no Plano Nacional de Leitura.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome