Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Novembro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

BE pergunta por cuidados de saúde em Ferreira do Zêzere

O Bloco de Esquerda (BE) questionou o Ministério da Saúde sobre a falta de médicos em Frazoeira, Ferreira do Zêzere, tendo o Governo referido não ter médicos disponíveis para colocar ali ao serviço.

- Publicidade -

- Publicidade -

Na resposta à pergunta dirigida ao Governo, a que a agência Lusa teve hoje acesso, pode ler-se que “o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo não tem médicos, do mapa de pessoal, disponíveis para colocar na Unidade de Saúde da Frazoeira, pelo que a situação encontrada para minimizar a saída do médico foi a de reafetar horas da empresa de prestação de serviços médicos, adstritas a outras unidades do ACES, para a Unidade da Frazoeira”, em Ferreira do Zêzere, no distrito de Santarém.

Na pergunta dirigida ao Governo, os deputados Carlos Matias e Moisés Ferreira lembram que a Frazoeira é uma localidade da freguesia de Nossa Senhora do Pranto, e que, no que concerne a cuidados de saúde primários, “a disponibilização de cuidados médicos revela-se insuficiente para dar resposta às necessidades dos cerca de 1.700 utentes” servidos pelo polo da Frazoeira da Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP) de Ferreira do Zêzere.

- Publicidade -

“O médico que assegurava diariamente esta extensão de saúde passou à aposentação em agosto de 2015. Em setembro, um outro médico começou a exercer funções nesta unidade de saúde mas apenas dois dias por semana, designadamente às segundas e quintas-feiras das 09:00 às 18:00, o que é manifestamente insuficiente”, disse hoje Carlos Matias à agência Lusa.

BECO2
No dia 1 de março decorreu uma manifestação junto ao Centro de Saúde da Frazoeira com o objetivo de sensibilizar as entidades responsáveis para a necessidade de um médico em permanência que sirva os 1700 utentes deste Centro que serve as populações das freguesias de Nossa Senhora do Pranto (Dornes e Paio Mendes) e Bêco.

O deputado, eleito pelo círculo de Santarém, perguntou ainda “que medidas estão a ser equacionadas para assegurar a presença de médico diariamente na extensão de saúde da Frazoeira, de modo a dar uma mais adequada resposta às necessidades da população”, tendo afirmado à Lusa que “mais de mil pessoas assinarem uma petição que foi dirigida à Assembleia da República, e que “uma delegação representativa vai ser chamada para ser ouvida e expor os seus problemas”.

Contactado pela Lusa, o presidente da freguesia de Nossa Senhora do Pranto (que resultou da união das freguesias de Dornes e Paio Mendes) disse que “um novo médico começou recentemente a fazer atendimento um dia por semana” e que “a situação está a melhorar, mas ainda não é ideal”.

José Manuel Russo disse que o número de utentes “justifica um médico efetivo, a tempo inteiro, como tivemos desde sempre”, tendo referido que a alternativa a quem precisa de cuidados médicos é nas Urgências dos hospitais de Tomar, a 27 quilómetros, ou Abrantes, quase a 100 quilómetros”, destacou.

Na resposta enviada pelo Governo ao BE pode ainda ler-se que a Unidade de Saúde da Frazoeira “tem 1.654 frequentadores” e que “não existe qualquer intenção de encerrar a Unidade da Frazoeira”, na freguesia de Nossa Senhora do Pranto.

FOTOS: Região do Zêzere

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome