- Publicidade -

Sábado, Janeiro 22, 2022
- Publicidade -

Basquetebol/Sub 14 | Atletas da UDRZA vencem Náutico e sagram-se campeãs distritais

A equipa de sub 14 de basquetebol feminino da União Desportiva e Recreativa da Zona Alta (UDRZA) sagrou-se campeã distrital este domingo ao vencer as jovens do Clube Náutico de Abrantes (CNA) na final four do campeonato distrital sub 14 feminina, que teve lugar no Palácio dos Desportos, em Torres Novas.

- Publicidade -

A final four do Campeonato Distrital Sub14 feminino realizou-se no Palácio dos Desportos, de 24 a 26 de novembro, num excelente ambiente proporcionado pelas condições que o espaço oferece e potenciado por um video-wall instalado para o efeito e onde se apresentavam os participantes nos jogos.

- Publicidade -

O encontro foi animado por um speaker e som ambiente, onde não faltou o apoio logístico nem foi esquecido um bar de apoio com muitos mimos feitos pelos pais para receber condignamente o muito público que se deslocou ao evento.

De realçar a forma correta e entusiasta como decorreram os jogos. A tónica foi o equilíbrio e resultados disputados até aos segundos finais de cada jogo. Uma ótima jornada de promoção da modalidade, sendo justo realçar o excelente desempenho das jovens da secção de basquetebol do Clube Náutico de Abrantes, que se sagraram assim vice-campeãs distritais.

- Publicidade -

Tudo terminou de forma apoteótica para a UDRZA ao receber o prémio de 1ª classificada no Campeonato Distrital de sub14 Feminino.

A final four do Campeonato Distrital sub 14 teve os seguintes resultados:

– dia 24 de novembro,  Santarém BC 44 – CN Abrantes 53; UDRZA 62 – Chamusca 51;

– Dia 25,  CN Abrantes 62 – Chamusca 34; UDRZA 48 – Santarém BC 44;

– Dia 26, Santarém BC 63 – Chamusca 42; UDRZA 69 – CN Abrantes 64.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome