- Publicidade -

Terça-feira, Janeiro 18, 2022
- Publicidade -

Autárquicas/Vila de Rei | Luís Santos (PS) quer “mais e melhor” para o concelho

Num jantar, neste sábado, que reuniu cerca de duas centenas de apoiantes, o Partido Socialista de Vila de Rei apresentou os candidatos às próximas eleições autárquicas. Luís Santos, candidato à CM de Vila de Rei, contou com presença da Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, bem como da deputada do PS, eleita pelo círculo de Castelo Branco, Hortense Martins. Na ocasião foram ainda apresentados Carlos Garcia e José Pinto, candidatos à Junta de Freguesia de Vila de Rei e da Junta de Freguesia da Fundada, respetivamente. Carlos Dias é candidato à Assembleia municipal.

- Publicidade -

A iniciar o momento, António Domingos, mandatário desta candidatura, deixou palavras de incentivo aos companheiros de corrida, referindo que os socialistas têm capacidade e probabilidade de sair vitoriosos.

Por sua vez, Luís Santos, 56 anos, docente de matemática, e candidato na corrida pela CM Vila de Rei, referiu que “este é um desafio que encaro como um imperativo de cidadania, sei que a democracia é tanto melhor quanto maior for a participação e o envolvimento dos cidadãos, no esforço coletivo para progresso das terras onde vivem”, fazendo notar que defende “princípios humanitários e de solidariedade, é assim que quero continuar a estar na vida comunitária”.

- Publicidade -

O candidato disse ainda que “no programa de ação não vou fazer promessas que não possa cumprir, não pecarei por excesso e por irrealismo irresponsável”, sendo que a sua candidatura se pauta por trabalho, dedicação e determinação em prol do desenvolvimento do concelho, algo que o levou a aceitar “o desafio de lutar por um futuro melhor, com energia e determinação, na Câmara Municipal de Vila de Rei”, justificou.

Preocupado com a saída de jovens e menos jovens e o despovoamento que daí advém, tal como o facto de o emprego no concelho assentar maioritariamente na área social, Luís Santos disse temer que, “se no futuro houver um decréscimo de utentes nessa área, o concelho passará ainda por mais dificuldades”, indicando como imperativo a diversificação do tecido socioeconómico.

Luís Santos, candidato à CM Vila de Rei, aplaudido pelos presentes no anúncio oficial da sua candidatura num jantar realizado este sábado à noite em Vila de Rei. Foto: mediotejo.net
- Publicidade -

Como sonho, o candidato disse que “gostava de ver o concelho crescer de forma sustentada e de continuar a contar com muitos dos jovens que acompanhei no seu percurso educativo”, disse o candidato, que é também docente no Agrupamento de Escolas de Vila de Rei.

Na sua visão do concelho, Luís Santos entende que a gestão do mesmo passa pela “promoção de condições para o desenvolvimento, criação de postos de trabalho, melhoria da qualidade de vida, que fixem e atraiam pessoas para o concelho de Vila de Rei”.

“O meu compromisso é lutar por um futuro melhor para Vila de Rei e para as suas gentes”, terminou.

O candidato à Assembleia Municipal é Carlos Martins Dias, advogado de profissão, tendo sido apresentadas duas candidaturas a duas Assembleias de Freguesia: Carlos Garcia concorre à Junta de Freguesia de Vila de Rei e José Joaquim Pinto à Junta de Freguesia de Fundada.

Recorde-se que o professor Luís Santos, militante do PS, foi escolhido por “unanimidade” para concorrer às autárquicas deste ano pela Concelhia socialista, e já havia avançado ao mediotejo.net que a sua candidatura revela “preocupações ao nível social, economia e desertificação”, entre outras áreas, num programa autárquico que “será elaborado em definitivo após a auscultação da população, empresários e associações”.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome