Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Novembro 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Autárquicas/Tomar | Candidato do PSD abdica da candidatura à Câmara devido a doença oncológica (c/vídeo)

Foi com a voz embargada pela comoção e perante muitos amigos, que o candidato do PSD à Câmara de Tomar, Luís Boavida, anunciou esta quinta-feira, 27 de julho, que abdica da sua candidatura devido a lhe ter sido diagnosticado, muito recentemente, uma doença de foro oncológico. “A partir de agora a minha prioridade será a minha saúde e a luta para vencer a doença. É neste objetivo que terei de concentrar todas as minhas forças e todas as minhas energias”, disse, numa breve declaração, tendo a seu lado a mulher e o filho a quem agradeceu o apoio incondicional, bem como a todos os seus amigos, em especial Beatriz Schulz e Carlos Piedade Silva.

- Publicidade -

Luís Boavida comunicou a sua decisão numa reunião onde juntou imprensa e amigos Foto mediotejo.net

Foi há precisamente um mês que o candidato do PSD foi acometido de um ataque convulsivo, seguido de desmaio. Luis Boavida encontrava-se na companhia de amigos na esplanada de um restaurante no centro da cidade, tendo sido transportado de urgência ao Hospital de Abrantes. Seguiram-se 22 dias de internamento hospitalar, no Centro Hospitalar do Médio Tejo, nas Unidades de Abrantes e Tomar e no Serviço de Neurologia do Hospital de São José em Lisboa.

- Publicidade -

“Presentemente sinto-me bem, estável e não sofri qualquer tipo de afectação nas minhas capacidades. Todavia, o diagnostico da situação resolveu pregar-me uma partida e vejo-me confrontado com uma doença de foro oncológico”, assumiu.

Luís Boavida leu uma declaração sobre o seu estado de saúde ladeado pela esposa, Isabel e pelo filho, João Foto: mediotejo.net

Luis Boavida indicou que “será praticamente incompatível conciliar uma exigente e envolvente campanha eleitoral que se avizinha com um não menos extenuante plano de tratamentos” pelo que foi levado a tomar esta decisão. “É com muita mágoa que o faço até porque sempre senti que poderia ajudar o concelho a melhorar e a sair da situação de profunda crise em que se encontra. Mas não posso enganar os meus potenciais  eleitores e os tomarenses em geral uma vez que não posso garantir que, num futuro próximo, esteja nas posses das minhas totais capacidades”, referiu, perante os rostos totalmente consternados de quem o escutava. No final, foi cumprimentado por todos e recebeu palavras de força e incentivo para travar esta batalha que, certamente, será mais dura do que qualquer campanha eleitoral.

Nuno Serra, líder da Distrital do PSD, fez questão de dar um forte abraço a Luís Boavida, tal como os restantes presentes Foto: mediotejo.net

O presidente da Concelhia do PSD, João Tenreiro não quis fazer qualquer comentário em relação ao nome do candidato que substituirá Luís Boavida e o presidente da Federação Distrital do PSD referiu que esta será uma decisão a tomar exclusivamente pela concelhia. O PSD terá que reformular e entregar as listas da sua candidatura no Tribunal até 7 de agosto.

VEJA O VÍDEO DA DECLARAÇÃO:

Vídeo Tomar / ÚLTIMA HORA Candidato do PSD, Luís Boavida, abdica da sua candidatura à Câmara de Tomar devido a questões de saúde

Publicado por mediotejo.net em Quinta-feira, 27 de Julho de 2017

 

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome