- Publicidade -
Sexta-feira, Janeiro 21, 2022
- Publicidade -

Autárquicas/Ourém | MOVE acredita aumentar popularidade em relação a 2013

O MOVE – Movimento Independente já se encontra em campanha pelo concelho de Ourém, juntando às viaturas com publicidade eleitoral a presença pessoal em várias iniciativas. Na terça-feira, 12 de setembro, após o PS anunciar a candidatura de Cília Seixo, o candidato do MOVE, Vítor Frazão, voltou a afirmar em conferência de imprensa ter recebido propostas do PS e da coligação PSD-CDS para formar acordos de governabilidade. O MOVE no entanto está a apostar na vitória, afirmando que a popularidade está a crescer em relação a 2013.

- Publicidade -

Vítor Frazão encabeçou uma breve conferência de imprensa após a saída de Paulo Fonseca da corrida eleitoral (por inelegibilidade), afirmando que o acordo de governabilidade firmado com o PS mantém-se inalterado até ao fim do mandato. “O presidente Paulo Fonseca sê-lo-á até dia 30 de setembro. O compromisso de governabilidade foi para com o povo”, defendeu, não tecendo mais comentários sobre a mudança de candidatos do PS.

Num balanço do período de pré-campanha, Vítor Frazão referiu que os carros de propaganda do MOVE já foram vandalizados diversas vezes, sendo que um deles por três ocasiões. “Deixem os carros em paz”, apelou. Informou ainda que o programa eleitoral do MOVE chegará brevemente à população.

- Publicidade -

“Entendemos que o MOVE está a atingir um patamar superior de popularidade que há quatro anos”, referiu Vítor Frazão. O autarca reiterou que foi contactado tanto pelo PS como pela coligação PSD-CDS para formar acordos de governabilidade em caso de vitória, tendo chegado a receber uma proposta para ser cabeça de lista à assembleia municipal. “Disse não, porque vamos vencer. Depois é que escolhemos” com quem firmar acordos de governação, concluiu.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome