- Publicidade -
Sábado, Janeiro 22, 2022
- Publicidade -

Autárquicas/Ourém | Cília Seixo (PS) juntou 180 mulheres em Gondemaria (c/vídeo)

Ainda que de forma imprevista, a candidata socialista à Câmara de Ourém, Cília Seixo, tornou-se a primeira autarca mulher a concorrer ao cargo, numa campanha dominada pelo género masculino. No sábado, dia 23, reuniu em Gondemaria 180 mulheres, incluindo o Departamento Nacional das Mulheres Socialistas. O discurso da igualdade de género entrou na campanha, com Cília Seixo a assumir a sua candidatura como uma “causa” que quer levar até ao fim.

- Publicidade -

“Votar nela é o mesmo que votar em mim”, foi a mensagem deixada pelo ex-candidato, Paulo Fonseca, salientando as capacidades da colega. Também presente na ocasião, a presidente da assembleia municipal, Deolinda Simões, descreveu Cília Seixo como “uma mulher com letras maiúsculas que de um momento para o outro teve o menino nos braços”. Frisou ainda que com oito anos de assembleia municipal, a candidata conhece bem a realidade do concelho.

Amigos e família preparam um video de apoio que emocionou a candidata. Foto: mediotejo.net

A deputada socialista Idália Serrão referiu que Cília Seixo é “uma candidata que mete muito medo as nossas adversários”. Frisando o trabalho deixado por Paulo Fonseca, lamentou o processo que o autarca agora atravessa.

- Publicidade -

Já a presidente do Departamento Nacional das Mulheres Socialistas, Elza Pais, citou Maria de Lurdes Pintassilgo para referir que “a nossa voz tem que se fazer ouvir”. Enumerou assim os problemas que ainda subsistem em termos de discriminação laboral para a mulher.

O candidato à Assembleia Municipal, José Alho, também lembrou a candidatura de Maria de Lurdes Pintassilgo, enaltecendo o papel das mulheres e a igualdade de oportunidades.

- Publicidade -

No seu discurso, Cília Seixo admitiu que ficou “com o menino nos braços” após a candidatura de Paulo Fonseca ter sido recusada pelo Tribunal Constitucional (por inelegibilidade), mas que fará de tudo para o manter vivo. Elogiou assim a herança de Paulo Fonseca deixada nos seus oito anos como presidente da Câmara e a sua visão estratégica que mudou a face do concelho.

Por isso “não vamos deixar que este projeto morra”, defendeu. “Foi esta causa que eu abracei” e “vou levá-la até ao fim”, sublinhou.

Durante o jantar, amigos e familiares de Cília Seixo fizeram um video biográfico e de apoio que emocionou a autarca. Natual de Mira, a candidata vive há 30 anos em Fátima, onde trabalha como professora e psicóloga.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome