Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Domingo, Setembro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

Autárquicas | CDU de Alcanena quer voltar a ter um vereador no executivo municipal (c/vídeo)

A Coligação Democrática Unitária (CDU) apresentou na sexta-feira, 27 de agosto, os seus candidatos à Câmara, Assembleia e quatro das sete freguesias de Alcanena. Em declarações ao mediotejo.net, o candidato ao executivo municipal, Ivo Santos, manifestou a ambição de que a CDU volte a integrar o elenco camarário, com a eleição de pelo menos um vereador.

- Publicidade -

A apresentação decorreu no jardim da Biblioteca Municipal de Alcanena, com a presença de Diogo D’Ávila, do comité central do Partido Comunista Português (PCP). Sob o lema “Reconstruir o nosso concelho”, a CDU (coligação PCP – PEV) de Alcanena conseguiu reunir mais de 90 candidatos, com listas a quase todos os órgãos municipais.

Ivo Santos frisou ao mediotejo.net a vontade de combater os problemas ambientais e desenvolver as zonas industriais Foto: mediotejo.net

Para além das candidaturas já conhecidas de Ivo Santos e Carla Pereira à Câmara e Assembleia Municipal, respetivamente, há candidatos para quatro freguesias.

Maria Abreu concorre à União de Freguesias de Alcanena e Vila Moreira, Francisco Fernandes concorre a Minde, Joaquim Almeida é o cabeça de lista à União de Freguesias de Malhou, Louriceira e Espinheiro, e Marta Carreira concorre a Bugalhos. 

Na sua intervenção, Ivo Santos lembrou a queda de população do concelho, cerca de 10%, e apresentou as linhas gerais do programa da CDU, nomeadamente os cinco compromissos para com a população de Alcanena.

Uma aposta no desenvolvimento económico, nomeadamente na criação de emprego e na atividade económica, a defesa de um ambiente de qualidade, com a luta pela resolução dos problemas ambientais, coesão social, com propostas para as áreas da saúde, educação e habitação, requalificando edificado degradado para arrendamento jovem ou criando uma rede de apoio à população sénior, uma aposta na cultura, património e desporto, com uma abordagem na valorização do artesanato e oferta cultural, e na coesão territorial, com foco em projetos como o reforço da rede digital, recuperação da rede rodoviária danificada ou no saneamento básica, entre muitas outras propostas.

“Agora é trabalho, juntos podemos fazer a diferença”, afirmou, apelando à equipa para ir falar com a população. Também Carla Pereira frisou a qualidade do projeto da CDU, com “gente séria e empenhada” e bem conhecida da população.

Carla Pereira é a candidata à Assembleia Municipal Foto: mediotejo.net

Em declarações ao mediotejo.net, Ivo Santos, que foi deputado no último mandato, manifestou o objetivo de conseguir devolver o lugar da CDU no executivo municipal, nomeadamente com a eleição de pelo menos um vereador. “Sentimos que desde que deixámos de ter um vereador no executivo municipal” houve “uma degradação” geral do exercício, sendo por tal essa a grande ambição do grupo alcanenense.

Tendo tomado também a palavra, Diogo D’Ávila manifestou a sua confiança na equipa de Alcanena, a qual tem experiência e conhecimento dos problemas do concelho. “Em toda a parte, a CDU vale a pena”, frisou, deixando um apelo à participação e mobilização para o voto na CDU.  

Ivo Santos vai enfrentar Hugo Santarém (PS), Rui Anastácio (Cidadãos por Alcanena) e Nuno Santos (Chega) nas eleições de 26 de setembro.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome