Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Junho 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Autárquicas | CDU apresenta candidatos à Freguesia Urbana de Tomar e à junta de Carregueiros

A CDU em Tomar apresenta às eleições autárquicas a candidata Anabela Mota como cabeça de lista à Freguesia Urbana São João Baptista e Santa Maria dos Olivais e Francisco Santos à Junta de freguesia de Carregueiros. A CDU refere apresentar estas candidaturas “sempre em proximidade com as populações e com projetos mobilizadores, credíveis e ambiciosos que vão ao encontro dos anseios dos eleitores”. 

- Publicidade -

No caso da União de Freguesias de São João Baptista e Santa Maria dos Olivais, a candidata é Anabela de Jesus Ribeiro França Mota, de 56 anos.

Docente de Educação Especial, é também representante da Educação na CPCJ de Tomar e coordenadora da Comissão de Utentes dos Serviços Públicos de Tomar.

- Publicidade -

É membro da Direção Nacional do Partido Ecologista “Os Verdes”. Faz parte da Assembleia de Freguesia Urbana São João Baptista e Santa Maria dos Olivais no presente mandato, pela CDU. 

Por seu turno, Francisco José Godinho Santos, de 53 anos, é carteiro de profissão.

Esteve vários anos ligado ao associativismo, tendo sido presidente do Centro Recreativo e Cultural da Freguesia de Carregueiros.

É atualmente presidente da assembleia geral e Juiz da Confraria do Divino Espírito Santo de S. Miguel de Carregueiros. Integra no presente mandato a Assembleia de Freguesia de Carregueiros pela CDU.

Recorde-se que a CDU já apresentou Paulo Macedo enquanto candidato  à Câmara Municipal de Tomar e Bruno Graça como cabeça de lista à Assembleia Municipal.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome