Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Autárquicas | BE de Tomar apresenta candidatos às freguesias de Casais e Alviobeira e Madalena-Beselga

O Bloco de Esquerda apresenta candidaturas às freguesias de Casais e Alviobeira e Madalena-Beselga, indicando Leonel Nunes e Helena Calado enquanto cabeças de lista a cada uma, segundo indicação da Coordenadora Concelhia de Tomar do Bloco de Esquerda, Maria da Luz Lopes. Já havia sido apresentado Paulo Reis enquanto candidato à União de Freguesias de S. João Baptista e Santa Maria dos Olivais.

- Publicidade -

A Coordenadora de Tomar do BE anunciou mais dois candidatos às próximas eleições autárquicas de 26 de setembro, indicando Leonel Nunes, de 58 anos, natural de Ceras e residente em Soianda, enquanto cabeça de lista à União de Juntas de Freguesia de Casais e Alviobeira. Esta será a primeira vez que Leonel Nunes concorre pelas listas do BE. Casado, com duas filhas, trabalha no Hotel dos Templários há 46 anos.

Já Helena Calado é candidata pelo BE à União de Freguesias de Madalena e Beselga. A candidata integrou há quatro anos a lista de Luís Santos à Câmara Municipal.

- Publicidade -

Nasceu em Tomar há 54 anos, reside na freguesia de Madalena e é mãe de 3 filhos. É licenciada em Direito e trabalha numa agência bancária em Tomar. É delegada sindical desde 1996. De 2009 a 2017 pertenceu também aos órgãos diretivos da Escola de Futebol de Tomar.

Recorde-se que o Bloco de Esquerda já havia avançado com o nome de Luís Santos enquanto candidato à Câmara de Tomar, enquanto Paulo Mendes entra na corrida à Assembleia Municipal. 

Também Paulo Reis foi apresentado enquanto cabeça de lista à União de Freguesias de S. João Baptista e Santa Maria dos Olivais.

NOTÍCIA RELACIONADA:

Tomar | Luís Santos é o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome