Autarcas de Mação e Vila de Rei aplaudem visita surpresa de Marcelo Rebelo de Sousa (C/VIDEO e AUDIO)

Esta quarta-feira, dia 28 de agosto, ficou marcada pela visita do Presidente da República à região, cumprindo com o que havia dito aquando da visita ao concelho após os incêndios florestais que atingiram Mação, Vila de Rei e Sertã. Sabia-se que Marcelo Rebelo de Sousa viria mergulhar nas praias da região, mas sem confirmação de hora ou percurso, tendo o Presidente visitado a praia fluvial de Fernandaires, em Vila de Rei, e a praia fluvial de Cardigos, em Mação, onde não passou despercebido apesar da sua discrição e serenidade.

PUB

Em declarações ao mediotejo.net, os autarcas da Câmara Municipal de Mação e de Vila de Rei congratularam-se com esta visita informal mas com grande simbolismo, devolvendo algum alento aos operadores turísticos e populações, mostrando também algumas das potencialidades destes concelhos que são sistematicamente alvo de incêndios florestais devastadores, no caso, duas das afamadas praias fluviais de Mação e Vila de Rei.

Vasco Estrela, presidente da CM Mação, disse que registou “o facto de ter cumprido aquilo que tinha dito que ia fazer”, considerando que “é um bom sinal de assunção de responsabilidades e compromissos”. “Ficamos contentes por o Presidente ter vindo ao nosso concelho”, frisou Vasco Estrela.

PUB

Marcelo Rebelo de Sousa havia referido em declarações ao nosso jornal que o ponto de partida para este regresso à região seria o de “ver cenários que já tinha visto e agora vê-los olhando para o futuro e pensando no futuro”.

Neste sentido, Vasco Estrela, autarca de Mação, referiu estar de acordo com este pensamento, de olhar para o futuro não só do concelho, mas de todo o país, por forma a perceber “que temos um território para cuidar, com potencialidade, obviamente com muitas dificuldades também, mas um território de futuro”.

“Temos todos, em conjunto, perceber e trabalhar para alterar este estado de coisas, porque como todos nós sabemos, apesar de alguns sinais positivos, tem muitos problemas que carecem de resolução que depende do esforço de muitas pessoas e entidades (…) acho que nestas ocasiões onde aconteceram tragédias como o incêndio que atingiu Cardigos, geram oportunidades que se devem aproveitar”, aludiu.

“Também a visita do Presidente da República, sinalizando o que temos de bom, deve ser referenciada e aproveitada para tirarmos o potencial que esta região tem”, enfatizou o autarca de Mação.

Áudio – Vasco Estrela, presidente da CM Mação

 

Foto: António Manuel Silva

Paulo César Luís, vice-presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei, disse, por sua vez, ser com “bons olhos” que a autarquia tomou conhecimento desta visita do Governante ao concelho.

“O Município vê com muito bons olhos a iniciativa do Senhor Presidente da República, que procura demonstrar que esta região é muito mais do que incêndios florestais” começou por afirmar, salientando que “infelizmente a generalidade a população portuguesa só reconhece os municípios da região por altura dos incêndios quando aparecem nas televisões”.

O autarca não deixou de frisar que “todos os municípios desta área lutam diariamente contra o flagelo da perda de população, trabalham todos os dias para procurar afirmar os seus territórios com excelentes atrativos para as pessoas os visitarem”, disse, enumerando fatores como as praias fluviais, património, fauna e flora, e cultura.

“O Senhor Presidente da República visitou em Vila de Rei a praia fluvial de Fernandaires, que é uma praia onde está inserida também uma estância de wakeboard, e é consecutivamente galardoada pela Quercus com bandeira de Qualidade de Ouro”, referiu.

Paulo César Luís entende que esta visita de Marcelo Rebelo de Sousa vem “no seguimento da vontade da autarquia em promover o território, e de demonstrar que Vila de Rei tem muita qualidade no que diz respeito às suas praias fluviais e tem muitos fatores positivos de atração de turistas”.

Por outro lado, o vice-presidente da autarquia vilarregense entende que a visita presidencial “procura marcar a agenda do Presidente da República, demonstrando que estes territórios são mais do que os incêndios que os percorrem, têm muito mais para oferecer e têm qualidade e capacidade de atrair turistas e dar destino de qualidade e um conjunto de experiências diversas, pelo que constitui um fator de motivação para todos os operadores da área do turismo não só do concelho como dos concelhos limítrofes”.

Áudio – Paulo César Luís, vice-presidente da CM Vila de Rei

 

PUB
PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).