Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Associação Desportiva de Mação aponta ao pódio

A Associação Desportivo de Mação encara mais uma presença no Campeonato Distrital da 1ª Divisão com muito optimismo. Após duas épocas que ficaram um pouco aquém do esperado, tanto nos resultados como na habitual estabilidade que se vivia na equipa, Fábio Patrício, Directo Desportivo da AD Mação, considera que esta época estão reunidas todas as condições para que a equipa pense no pódio.

- Publicidade -

Com o mesmo treinador da época passada e um grupo de trabalho quase na totalidade da época passada, estão lançadas as bases para uma boa época em Mação, “Se na época passada o campeonato já era competitivo, este ano com a descida das equipas do Nacional ainda mais competitivo e difícil fica a 1ª Divisão distrital. Estamos conscientes disso e das dificuldades que nos esperam, mas queremos andar desde início nos lugares da frente e temos como objectivo os três primeiros lugares”. Sobre subidas de divisão Fábio Patrício é peremptório, “Obviamente que quando construímos as nossas equipas, temos o objectivo de as construir para serem competitivas e que consigam lutar com as melhores equipas do campeonato, se no fim isso se traduzir num primeiro lugar não enjeitaremos a oportunidade. Volto a dizer que estamos conscientes do que é a primeira distrital de Santarém e em concreto o campeonato desta época, e no que diz respeito a responsabilidades de subida, existem equipas que estão a apostar muito para subir, que têm um orçamento três ou quatro vezes superior ao da AD Mação e que por isso se perfilam como principais candidatos, agora se podermos ficar em primeiro não vamos querer ficar em segundo”.

Se a continuidade do treinador Paulo Costa e da quase totalidade dos jogadores da época passada, dá outra tranquilidade ao elenco directivo da ADM, o Directo Desportivo não tem duvidas, “O Paulo Costa, na minha opinião, é um dos melhores, senão o melhor treinador que temos no distrito, tem mentalidade ganhadora, trabalha com afinco, é ambicioso, gosta de ganhar e transmite tudo isso aos jogadores. É um treinador que qualquer equipa gostaria de ter. Quanto ao conjunto de jogadores, atendendo ao que se passou na época passada e em particular na segunda volta, em que fizemos um segunda volta acima da média, se não fomos a equipa que somou mais pontos, fomos a segunda ou terceira melhor equipa da segunda volta, e isso deixa-nos tranquilos quanto ao valor deste plantel. Daí a nossa prioridade ter sido manter os principais jogadores da época passada. Atendendo à qualidade dos jogadores que tínhamos, entendíamos ser difícil ir buscar jogadores com a mesma ou melhor qualidade. Mação fica na ponta do distrito e para cativarmos jogadores vir para cá não é fácil. São os quilómetros, são as portagens, é o tempo que se perde na viagem e que é preciso para treinar e jogar e para os ter seria preciso compensá-los proporcionalmente ao esforço que iriam despender. Nós em Mação primamos por não dar um passo maior que a perna, gostamos de chegar ao fim da época e ter tudo regularizado com os jogadores. Enquanto eu e o Presidente Espirito Santo estivermos no clube vai ser assim, mesmo que para isso tenhamos que ter um plantel mais reduzido que as restantes equipas. Nesta altura temos 21 jogadores, são os que entendemos, dirigentes e equipa técnica, que são os melhores para ter no plantel e é com estes 21 jogadores que queremos começar e terminar”.

- Publicidade -

Sobre o inicio de campeonato, em que a equipa de Mação nas três primeiras jornadas joga dois jogos fora de casa, Fábio Patrício não tem duvidas, “Vamos ter um inicio de época complicado, começamos por receber o União de Tomar que é candidata a subir e com um avanço na preparação de pelo menos 15 dias relativamente a nós, vamos aos Empregados do Comércio que o ano passado fez uma excelente época e vamos a Riachos, equipa muito bem orientada pelo Mário Nélson, que também ambiciona os lugares cimeiros, mas nós vamos para esses campos para ganhar, até porque queremos evitar repetir os inícios de época das ultimas duas épocas”.

Por fim MédioTejo.net pediu ao Director Desportivo da AD Mação que apontasse os candidatos ao título desta época. “Como disse, tudo aponta para que tenhamos o campeonato mais competitivo dos últimos anos, em que iremos ter 8,9 equipas a lutar pelos lugares cimeiros e que poderão terminar nos três primeiros lugares. Agora não podemos deixar passar em claro o investimento de algumas equipas, que estão a apostar muito forte para subir de divisão. Existe uma equipa que é o candidato numero 1, o Fátima, está a apostar forte, tem jogadores de outros campeonatos, tem jogadores os melhores jogadores provenientes do mesmo nível de campeonato de outro distrito e estão muito bem orientados pelo Prof. João Henriques. Depois vem o Ouriense que teoricamente também tem de ser apontado como candidato porque desceu do nacional e quando está no nosso distrital faz sempre boas épocas, vêm também equipas como o Fazendense, o União de Tomar, o Riachense e claro… a Associação Desportiva de Mação”.

O grupo de trabalho para o futebol sénior da Associação Desportiva de Mação para época 2015/2016 é o seguinte:

 

Presidente – João Espirito Santo;

Director Desportivo – Fábio Patrício;

Director Futebol Sénior – Mário Aleixo;

Fisioterapeuta – Nuno Barreto;

Treinador – Paulo Costa;

Treinador Adjunto – Paulo Esteves

 

GR – João Rosa – Permanência;

GR – Mário Lopes – Permanência;

GR – Alexandre – Ex Júnior;

Defesa – Diogo Rocha – Permanência;

Defesa – João Vítor – Permanência;

Defesa – Leonardo – Ex júnior;

Defesa – Miguel Lourenço – Ex júnior;

Defesa – Bernardo Bento – Permanência;

Defesa – Gonçalo Lélé – Permanência;

Defesa – Miguel Rosa (Saul) – Permanência;

Médio – Cláudio Marques – Permanência;

Médio – Jorge – Ex Júnior;

Médio – Luís Esteves (Cap) – Permanência;

Médio – Bruno Pita – Permanência;

Médio – Bruno Lemos – Permanência;

Médio – Rui Sousa – Permanência;

Médio – Rodrigo – Ex Júnior;

Avançado – Marcos Patrício – Permanência;

Avançado – Sidy Thiam – Permanência;

Avançado – Persi Mamede – Ex Rio Maior;

Avançado – Pedro Louro – Permanência.

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here