Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Maio 8, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Associação de Entrevinhas voltou a pedalar por terras de Sardoal

No pretérito domingo, dia 21 de maio, cerca de uma centena de participantes desafiou o sinuoso asfalto das estradas do concelho de Sardoal, para o quinto passeio de cicloturismo, organizado pela A.M.A. – Associação de Melhoramentos dos Amigos de Entrevinhas, através da sua secção “Papa-Léguas”, num trajeto com cerca de 50 quilómetros e que percorreu todas as freguesias do território sardoalense.

- Publicidade -

A sede da A.M.A. foi o local escolhido para o encontro dos amantes das bicicletas que, pelas 9 horas de uma manhã algo fresca, mas propícia para a prática da modalidade, se puseram ao caminho. E foram muitos os grupos que disseram presente a esta 5ª edição, com ciclistas vindos um pouco de todo o país, como de Marinhais, Coimbra, Alpalhão, Gáfete, Mação, Montalvo, S. José das Matas, Carvoeiro, Sardoal, Entrevinhas (claro está) e de tantos outros pontos do país que foi difícil contabilizar.

- Publicidade -

No evento não passou despercebida a presença do brasileiro Adil Amarante, ex-técnico de Futsal do Sport Lisboa e Benfica (de 2005 a 2008 conquistou todos os troféus nacionais pelo clube da Luz: dois Campeonatos Nacionais, duas Taças e duas Supertaças) e da Associação Desportiva do Fundão, cuja presença entre os cicloatletas veio reforçar a ideia de que este evento começa a ter outro tipo de projeção a níveis mais elevados.

Os primeiros quilómetros serviram para “desenferrujar” algumas pernas e rótulas menos afoitas a estas andanças e trouxeram os participantes até à porta do Edifício dos Paços do Concelho onde os esperava o presidente da Câmara, Miguel Borges, que foi agraciado com uma lembrança simbólica, ofertada pelos elementos da direcçao e staff da colectividade: uma placa alusiva ao evento e que irá ficar muito bem na já vasta vitrine de Miguel Borges que ainda foi desafiado para uma voltinha de bicicleta, um convite que, simpaticamente, declinou.

Recomeçada a prova, começavam as maiores dificuldades com os declives já conhecidos a revelarem-se nos rostos dos menos habituados, mas, todos (dos 11 aos 72 anos), lá foram desbravando as serras do Codes e de Alcaravela, pedalando cada um ao seu ritmo desfrutando as belezas de um concelho do interior que deixou todos encantados. Numa paragem a meio do percurso para breve descanso, foram oferecidas frutas, sumos e águas a todos os participantes e ainda deu tempo para alguns momentos de convívio e para algumas fotos para a posterioridade.

Mais uns quilómetros de asfalto e, eis que chegados ao final, um reconfortante banho os esperava nas instalações do Parque Desportivo Municipal para abrir (ainda mais) o apetite pois o corpo começava a pedir descanso… e de uma substancial refeição.

 

Para que todos pudessem participar nas activididades deste dia, além do 5º Passeio de Cicloturismo, decorreu a segunda edição do Passeio Pedestre “Na Rota do Pão e do Vinho” que levou os participantes a percorrerem magníficos trilhos que só aquelas paisagens podem proporcionar.

Por fim, o tão desejado repasto confeccionado pelas próprias cozinheiras e colaboradores da A.M.A. e servido (de forma farta e generosa) nas amplas instalações da Associação Cultural de desportiva de Valhascos, que se associou ao evento, findo o qual, se deu à entrega de prémios aos participantes, com destaque para o participante mais novo (11 anos), mais velho (72 anos), equipas com mais de 5 elementos, elemento de mais longe, equipa com mais participantes (Grupo Luís Rodrigues, de Montalvo) e a todos os pedestrianistas.

A jornada teve o apoio do Município de Sardoal, das Juntas de Freguesia de Alcaravela, Santiago de Montalegre, Sardoal e Valhascos, dos Bombeiros Municipais de Sardoal (sempre presentes e sem trabalho, felizmente) e da Guarda Nacional Republicana além de diversos estabelecimentos comerciais um pouco de todo o concelho.

Entrevinhas é uma pequena aldeia pertencente à Freguesia de Sardoal, mas que começa a despertar com muitas novidades, muita renovação, muita beleza e muita simpatia com uma excelente arte de bem receber.

O mediotejo.net não poderá deixar passar em claro este momento para agradecer toda a hospitalidade, simpatia e todas as facilidades concedidas para o bom desempenho do nosso trabalho: fomos tratados como uns autênticos “mordomos” (com direito a “trono” e tudo)!

Texto e Fotos do Cicloturismo: José Belém

Foto do passeio Pedestre: Pedro Rosa

A grande “culpada” é uma velhinha máquina de escrever Royal esquecida lá por casa e que me “infectou” para uma vida que se revelou mais tarde não fazer sentido sem o jornalismo. O primeiro boletim da paróquia e o primeiro jornal da pequena aldeia onde frequentava a escola (tinha apenas 7 anos de idade) entranharam-me a alma (e o sangue) deste “vício” de escrever e comunicar. Seguiram-se os pequenos jornais de turma, os das escolas, os painéis informativos colocados nas paredes dos átrios e o dos escuteiros... e nunca mais o “vício” sarou. Ao longo da vida, foram vários e diversificados os ofícios exercidos profissionalmente, mas o “mar dos desejos” desaguava sempre numa folha de papel ou (mais tarde) num portátil de computador (e sempre com a máquina fotográfica como companhia). Já mais "a sério” e desde jornais regionais, rádios locais, periódicos nacionais e televisão (TVI), já são mais de 45 anos de um percurso “académico” de alguém que pouco se importa de não possuir um “canudo”.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome