“As eleições de 1908 na Sertã”, por Sartagografia

As eleições para a Câmara dos Deputados, a 5 de abril de 1908, foram o primeiro sufrágio realizado após o regicídio de D. Carlos. Aguardado com expectativa, o dia da eleição ficou marcado por um autêntico banho de sangue em Lisboa, devido aos violentos confrontos entre populares e forças policiais no Largo de S. Domingos de Alcântara, que provocaram a morte de 14 pessoas e ferimentos em mais 100.

PUB

No concelho da Sertã, os eleitores votaram em três assembleias de voto (nesta imagem os eleitores acercam-se da escola Conde Ferreira para ‘depositar’ o seu voto) para eleger os deputados propostos a sufrágio no círculo n.º 13 (Castelo Branco).

Somados os votos das três assembleias de voto, o candidato mais votado no concelho foi Aurélio Pinto (progressista – 1462 votos), seguido de António Mendonça David (regenerador – 1329) e do Conde de Penha Garcia (progressista – 1241).

PUB

O resultado final destas eleições, a nível nacional, foi bastante equilibrado, com os regeneradores a elegerem 63 deputados e os progressistas 59. O Partido Republicano Português conseguiu o seu melhor resultado de sempre até àquela data, elegendo 7 deputados.

Nota: Foto de Bráulio de Lemos, pertencente ao espólio do Clube da Sertã

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here