Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Novembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

“Artrose da Anca: não adie o tratamento”, por Gonçalo Martinho

Saiba a resposta às 8 perguntas mais frequentes sobre a colocação de uma prótese da anca.

A artroplastia da anca, mais conhecida como prótese da anca, é uma cirurgia em que a articulação da anca é substituída por implantes. É das cirurgias ortopédicas realizadas com maior frequência e a que tem maior taxa de sucesso entre todas as cirurgias de substituição articular.

- Publicidade -

- Publicidade -

A anca é uma articulação composta basicamente por uma bola que encaixa numa taça. A bola, localizada no topo do fémur (o osso da coxa) é designada por cabeça femoral. A taça, denominada por acetábulo, faz parte do osso ilíaco que compõe a pélvis. A cabeça femoral mexe-se dentro do acetábulo para permitir movimentos para a frente e para trás, para os lados e de rotação.

Na anca saudável o osso é coberto por cartilagem, um tecido mole que permite que estas duas estruturas (cabeça femoral e acetábulo) deslizem uma em relação à outra com suavidade. Se a cartilagem ficar desgastada ou danificada, os ossos tornam-se ásperos e este deslizamento fica comprometido. Esta condição, denominada de artrose, causa dor e restringe os movimentos.

- Publicidade -

Uma artrose da anca pode provocar dor a caminhar ou mesmo ao sentar-se ou levantar-se de uma cadeira.

  1. Como é a cirurgia para realizar uma prótese da anca?
    Esta cirurgia consiste na remoção e substituição da cabeça femoral e do acetábulo. Realiza-se principalmente para tratar a dor e a rigidez associadas às fases mais avançadas da artrose da anca.
  2. Será que preciso de uma prótese total da anca?
    Devemos considerar a possibilidade desta cirurgia:
    – quando existe dor acentuada que não cede a analgésicos ou anti-inflamatórios e que interfere com o trabalho, sono ou atividades da vida diária;
    – quando a rigidez leva a restrição da mobilidade que impede de andar ou de calçar.
  3. O que devo esperar desta cirurgia?
    Os objectivos da cirurgia são:
    – eliminar a dor e a claudicação;
    – eliminar a utilização de canadiana ou bengala;
    – permitir calçar-se e cortar as unhas;
    – permitir praticar alguns desportos.
  4. Quanto tempo demora a cirurgia?
    Esta cirurgia, realizada por equipas experientes, demora habitualmente 45 minutos.
  5. Preciso ficar internado?
    Esta é uma cirurgia que implica internamento hospitalar de 4 dias.
  6. As próteses são todas iguais?
    Temos vários tipos de material utilizado para a produção das próteses da anca. Os componentes são feitos de metal, cerâmica e polietileno (plástico). Podem ser utilizadas várias combinações entre estes materiais, dependendo essencialmente de factores associados ao doente, nomeadamente a idade, devendo este aspecto ser discutido com o cirurgião.
  7. Quanto tempo duram os implantes?
    Podemos considerar que em média a sobrevivência desta cirurgia é de 20 anos, motivo pelo qual devemos privilegiar esta cirurgia em idades acima dos 60 anos. Apesar disso é possível realizar a cirurgia em idades mais precoces, utilizando técnicas e componentes que permitem maior longevidade.
  8. É possível ser operado durante a pandemia de covid-19 ou devo aguardar que esta fase passe?
    A pandemia trouxe enormes desafios a todos. Foram instituídas práticas antes e durante a cirurgia que permitem realizar o procedimento com o grau de segurança exigido pelo que não há necessidade de adiar este procedimento se houver indicação cirúrgica.

O sucesso desta cirurgia depende não só da correta seleção dos doentes, mas também de um rigoroso processo de planeamento e de uma técnica cirúrgica minuciosa. Com elevadas taxas de sucesso, é um procedimento que devolve a qualidade de vida, eliminando a dor e permitindo “esquecer” que a anca existe.

Gonçalo Martinho

Ortopedista no Hospital CUF Santarém

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome