- Publicidade -
Quinta-feira, Dezembro 9, 2021
- Publicidade -

Alferrarede/Istambul: Ricardo Nunes conta como viveu a tentativa de golpe de Estado na Turquia (C/AUDIO)

A Turquia foi alvo de uma tentativa de Golpe de Estado na sexta-feira à noite, mas o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, disse hoje que a situação na Turquia “está completamente sob controlo” e que causou centenas de mortes e milhares de feridos e de detenções entre os militares revoltosos.

TURQUIA
Foto: DR
- Publicidade -

Ricardo Nunes, de Alferrarede, Abrantes, de 41 anos, está instalado há alguns dias no bairro de Bebek, uma zona calma e residencial de Istambul, na Turquia, país para onde se deslocou para acompanhar um casamento de um casal amigo, um dia marcante que acabou por ser adiado. Ricardo Nunes relatou esta manhã ao mediotejo.net como viveu a insólita situação, a partir do bairro de Bebek.

“Está tudo mais calmo, ouvimos uns aviões a sobrevoar a área onde estamos. As mesquitas não param de chamar o povo para a rua e o governo declara que o golpe terminou. Vamos esperar para ver. Os nossos amigos turcos são incríveis e já nos disseram que nos levam de carro à fronteira e que tudo farão por nós! Esta é a humanidade que deve prevalecer”, afirmou o abrantino na noite da tentativa do golpe militar. Esta manhã, depois de umas (poucas) horas mal dormidas, Ricardo relatou ao mediotejo.net como foi o acordar em istambul.

- Publicidade -

“Hoje já fui à rua levantar dinheiro e comprar mantimentos, continuamos na companhia dos nossos amigos e espero esta tarde atravessar o rio para ir buscar a minha bagagem e as minhas roupas que ficaram do outro lado. Vai haver aqui manifestação esta tarde contra a tentativa de golpe de Estado e espero voltar na quinta-feira a Portugal. Os meus amigos dizem que me vão receber ao aeroporto com faixas de campeão”, relatou.

TURQUIA3
Foto: DR

O primeiro-ministro turco Binali Yildirim disse hoje que a situação na Turquia “está completamente sob controlo”, adiantando que 161 pessoas morreram na tentativa de golpe de Estado de sexta-feira à noite, excluindo as baixas entre os militares revoltosos.

Num discurso ao país no palácio Cankaya, a residência oficial do primeiro-ministro, Yildirim classificou o golpe de Estado falhado como uma “mancha negra” na democracia turca, acrescentando que foram evitados “problemas sérios”, refere a Agência France Presse.

TURQUIA2
Foto: DR

De acordo com o primeiro-ministro, dos confrontos na noite de sexta-feira resultaram 161 mortos, números que excluem as baixas entre os militares revoltosos.

Há ainda 1.440 feridos e 2.839 militares detidos, suspeitos de envolvimento na tentativa de golpe de estado que ocorreu na sexta-feira à noite.

TURQUIA5
Foto: DR

“Esses cobardes vão ter o castigo que merecem”, afirmou o chefe do Governo turco.

Entrevista a Ricardo Nunes, de Alferrarede, em Istambul/Turquia

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome